A BESTA E A BABILÔNIA – OITAVO REI APOCALÍPTICO

          Este assunto está comprovado por cientistas como Sir Isaac NEWTON (leia algo sobre ele no tópico: INFORMAÇÕES DE INTERESSE GERAL, deste site), ciências como: História Geral, História da Igreja Cristã, Geografia, Arqueologia, Física, Matemática, dentre outras ciências. O assunto está devida, exata, taxativa e incontestavelmente provado pela Bíblia. Por estar tudo provado eu posso ser ousado em desafiar toda a Humanidade a contestá-lo. O site tem sete tópicos e também assuntos não religiosos, apenas científicos e de interesse geral, muito úteis à Humanidade. No tópico: CURAS E MILAGRES NO TANQUE DE BETESDA está incontestavelmente provado pela Ciência e pela Bíblia que quem operava aqueles milagres eram demônios. E que a guarda do sábado foi incontestavelmente abolida.

          Entretanto, a maior finalidade do site está na definição e identificação, de maneira taxativa, incontestável, de quem são as bestas 666, tanto as antigas e a atual do mar, como a futura besta da terra (Anticristo); a antiga Babilônia geral e a atual Babilônia apocalíptica; e quem é o oitavo rei do Apocalipse 17:11. Se alguém receber a futura marca da besta (Ap. 13:16-18) irá ao Inferno. E basta a alguém ser apenas cúmplice da Babilônia (Ap. 18:4) para sofrer as suas pragas. A besta e a Babilônia sempre andam associadas, atreladas entre si, desde o terrível satânico Império Egípcio que foi a primeira cabeça do grande monstro de sete cabeças. A besta é uma “mula de carga” carregando nas suas costas a prostituta Babilônia.

          No início da publicação de um meu blog, em 2009 (desativado pelo Blogger em maio/2017, com mais de 210.000 acessos), eu recebi uns e-mails oficiais de sociedades secretas (imprimi como prova escrita) me convidando a entrar para as suas sociedades secretas alegando que eu seria muito útil para elas. Segundo as sociedades secretas eu tenho pensamentos muito superiores ao pensamento normal “das massas”, ou seja, do povo em geral. O meu primeiro convite pessoal eu recebi em Manaus-AM, há décadas de anos, quando um amigo quis me iniciar na maçonaria. Também recebi uns convites por e-mail, há alguns anos, para a pré-triagem do programa de televisão Big Brother Brasil, que recusei. Já ouvi alegações de possíveis despeitados de que eram supostas mensagens falsas de BBB. Eu não averiguei a autenticidade dos e-mails. Pelo menos alguns internautas se importaram comigo. Melhor do que os 99,999% de brasileiros que nem sequer foram escolhidos para receber tais supostas mensagens falsas. Ou o leitor por acaso também recebeu?

          Abrindo parênteses para um parágrafo fora de contexto, o meu blog foi desativado pelo Blogger porque eles não suportaram mais tantos rackers maus carácteres na Internet invadindo o blog. E quando eu enviava mais de 300 emails já o Google ficava me perturbando com ameaças de que eu extrapolei o limite de e-mails diário permitido. Até que eliminaram o blog e meus dois e-mails do gmail. Por isto contratei a Agência Oceano Azul que resolveu o problema. Hoje mando mais de 2.000 e-mail se desejar, e os rackers quase não são mais problema. Se você está saturado de repreensões contrate a Agência sugerida, clicando na propaganda dela no final deste tópico.

          Hoje eu poderia ser político (recusei proposta) recebendo correspondências de governador, senadores, deputados, etc. Poderia ser muito rico se tivesse aceitado algumas propostas de corrupção na Engenharia Civil: houve época de eu ser Responsável Técnico honestamente, e sempre como Engenheiro autônomo, por mais de 20 obras ao mesmo tempo (em quase todas também fui o Autor dos Projetos), até do Governo e de altas autoridades. E sem prejuízo do meu serviço militar no Quartel (tinha auxiliares autônomos na Engenharia Civil). Mas a maioria das obras relativamente grandes eu fiz após passar para a Reserva Remunerada do Exército. Em Arquitetura e Urbanismo (Projetos Arquitetônicos) obtive o 1º lugar da turma de Engenharia Civil da UFMS. Construí muitos templos evangélicos e sem cobrar pela Responsabilidade Técnica, e um templo eu sempre estava construindo gratuitamente sem cobrar como Autor dos Projetos, cumprindo acordo com Deus. Recebi homenagem da Câmara Municipal de Vereadores. Na Prefeitura de Campo Grande era apelidado de “Lauro placa” devido às muitas placas de obra por toda a cidade durante décadas de anos, e até em outros municípios. Nunca houve queixa contra mim nas Prefeituras ou no CREA-MS. Eu dou glórias ao Triúno Deus, porque o Deus Espírito Santo sempre me conscientizou para não aderir às ciladas.

          Nunca ganhei remuneração alguma como Pastor. Pelo contrário: com o meu real dízimo praticamente sustentei sozinho as Missões e a Igreja que fundei. O dízimo sempre devolvi a Deus em igreja. E a vida toda também sempre ajudei (extra-dízimo) financeiramente: familiares, parentes, missionários, creches, cegos, mendigos, etc. Hoje já cumpri a minha missão e por isto quase só devolvo o dízimo a Deus na minha igreja. Creio que o leitor irá se convencer, ao longo da leitura deste site, que eu tenho moral para escrever o que escrevi. Mas concordo que um Pastor é digno de justa remuneração pela sua igreja, por seu árduo e difícil trabalho de pastorear seus congregados, custeio de sua própria vida e de sua família.

          Atualizado em 19/12/2017. Ontem (apenas em um dia) este site já teve 636 acessos de leitores, e de vários países. Pois ficam registrados: a bandeira da Nação do internauta, o número do IP (endereço) do computador que acessou o site, e outros dados. Alguém poderia ridicularizar apenas 636 acessos em um dia. Pois é! Se fosse site pornográfico, ou de jovens pelados(as), ou de piadas satânicas, etc. teria milhares ou milhões de acessos diários. Mas pergunte a algum outro real filho de Deus, que tenha blog ou site individual na Internet, se ele consegue ter, pelo menos 100 acessos diários.  Com a graça do bondoso Deus este meu site está cumprindo a sua finalidade de santificar e principalmente salvar almas para Cristo. Glórias ao Triúno Deus. 

           Aconselho ler primeiro todo este site geral para somente depois ler os sites, blogs e vídeos sugeridos como provas. Porque dificilmente você iria voltar à leitura do site onde parou, e com isto iria perder assuntos muito importantes e urgentes. Também é útil informar o leitor que não acuso ninguém. Apenas aponto fontes: sites, blogs, vídeos, livros, revistas, jornais, etc. que o leitor poderá ler, ver e ouvir tirando sua própria conclusão. Eu apenas sou um mero atravessador da matéria, apenas um intermediário, um facilitador para ajudar o amigo leitor. Se tiver alguém com dever de se justificar, ou provar algo, em alguma época, é a fonte que cito como prova. Também é recomendável imediatamente gravar todo o conteúdo deste site no Word. Fazer cópia de segurança em CD ou Pen Drive. Mas deve ficar atento também nas atualizações e/ou correções deste site, quase que diariamente.

          Para os céticos, materialistas, ateus, que nem sequer acreditam em Deus eu peço que pelo menos acreditem na Ciência. Pois bem. Existe uma comissão internacional de cientistas: físicos, bioquímicos, matemáticos, etc. provando que no DNA humano sempre está presente a “assinatura de Deus”: um código de sequência de números que sempre se repete: 10, 5, 6, 5. A Bíblia (Velho Testamento), no seu original em Hebraico traz para Deus o nome Javé (ou Iavé) através das nossas letras latinas YHWH, o famoso tetragrama. O idioma hebraico não tem letras vogais sendo seu respectivo som obtido pelas letras consoantes, dependendo de seu lugar na palavra. O alfabeto hebraico também é o sistema de numeração para os antigos hebreus. Exatamente: Y vale 10; H vale 5; e W vale 6. Acesse a prova no link: https://www.youtube.com/watch?v=8IgykkcLGqg

          A propósito é oportuno dar um aviso aos “navegantes”: milhares de profecias bíblicas, mesmo milenares, previstas para se cumprirem até hoje realmente se cumpriram literalmente, “ao pé da letra”, nos lugares geográficos e nos tempos pré-determinados, como provam as ciências: História Geral, Geografia, Arqueologia, Matemática, etc. Por isto só mesmo sendo um insensato ou pérfido para não acreditar na Bíblia e no exato cumprimento das profecias bíblicas ainda previstas para o futuro. Mas veja bem: eu escrevi profecias da Bíblia verdadeira (exemplo: edição Revista e Corrigida, de João Ferreira de Almeida, ou simplificadamente: Edição ARC; e da Edição ACF: Almeida Corrigida Fiel), e não de falsas “Bíblias” e de falsários satanistas. A Bíblia verdadeira é a única coleção de literaturas do Universo e de toda a História da Humanidade que merece 100% de credibilidade.

          Aos incrédulos eis algumas informações para reflexão: John Lenon, depois de debochar e criticar muito o cristianismo disse que os Beatles eram mais famosos que Jesus Cristo; com isto a banda acabou e alguns anos depois Lenon foi morto com cinco tiros do seu próprio fã. Tancredo Neves, durante a sua campanha presidencial disse que se ele obtivesse apenas 500 votos do seu próprio partido (PDS) nem Deus o tiraria da Presidência da República; conseguiu os votos mas morreu antes de ser Presidente. O presidenciável Leonel Brizola disse que aceitaria o apoio até do demônio para se tornar Presidente; não ficou nem sequer em 2º lugar. Cazuza, que fazia gestos da mão chifrada de adoração ao Diabo, depois de um show no Canecão deu uma baforada de fumaça de cigarro de maconha para cima e disse: “Deus, esta é para você!” Teve uma morte lenta e horrível devido AIDS.  Marilyn Monroe (famosa prostituta internacional) foi evangelizada por um filho de Deus de quando ela disse que não precisava de Jesus Cristo; uma semana depois foi encontrada morta em seu apartamento. Bon Scott, ex-vocalista satânico da banda AC/DC disse em 1979: “Não me impeçam… Vou seguir o caminho até o fim, na auto-estrada para o Inferno.” Poucos dias depois, em 19/02/1980 morreu asfixiado pelo seu próprio vômito. A lista é enorme, mas vou parar por aqui.

          A Inglaterra era uma Nação cristã, rica e feliz, abençoada por Deus. Então Satanás criou a banda de rock Beatles, que era consagrada ao Diabo e cujas músicas eram ditadas por demônios, igualmente como acontece hoje com muitos falsos cantores gospel. Os Beatles arrasaram a fé dos jovens protestantes e evangélicos ingleses e do mundo todo, tornando-os ateus. Hoje os ingleses são “capachos” do Diabo sustentando “parasitas” islâmicos. Cumpriu-se a lei da semeadura de Gálatas 6:7.

           O livro de Apocalipse 1:1 já começa dizendo que ele é revelação do próprio Deus Pai ao Senhor Jesus Cristo (o Deus Filho). Que por Sua vez usou um Seu anjo para transmitir o livro à Humanidade através do apóstolo João. E, logicamente, para João receber a revelação do livro precisou da atuação do Deus Espírito Santo (Ap. 1:10). Ora, um livro que envolveu individualmente as três pessoas de Deus (o Triúno Deus), mais um anjo, mais o apóstolo João, não é apenas o livro mais importante da Bíblia, e sim também o mais importante livro de toda a História da Humanidade. Agora o leitor deve ter entendido porque o Diabo e seus declarados ou dissimulados discípulos humanos odeiam tanto o livro bíblico de Apocalipse. 

          Algumas pessoas pérfidas ou masoquistas” (que gostam de sofrer, de serem enganadas, de se enganarem a si mesmas, de viver iludidas, etc.) alegam que o livro não tem valor algum e que nem sequer deveria estar na Bíblia. Outras afirmam que todos os livros da Bíblia têm igual importância. Quanto absurdo! Comparar, por exemplo, em termos de importância, o livro de Cantares de Salomão (simples declaração de amor de Salomão por uma mulher) com a importância do Apocalipse é muita insensatez, ou farsa para menosprezar o livro de Apocalipse. Portanto, uma pessoa que menosprezar ou desprezar o Apocalipse possivelmente o faz porque o livro a condena (Ap. 21:8; 22:15; etc.). Possivelmente é um filho das trevas que está “embriagado de demônios”.

          Alguns pseudopastores e demais líderes falsários de megas igrejas alegam que não usam o livro de Apocalipse porque, segundo eles: Apocalipse poderia infundir fobias e afugentar os membros ricos da sua igreja“. Ou seja, para tais dissimulados satanistas os membros ricos da sua igreja devem ser iludidos como otários, idiotas, trouxas. Outros falsários (exemplo: pseudopastores maçons) usam o livro somente nas passagens neutras ou torcendo a sua interpretação de modo alegórico e de forma a agradar ao Diabo, enganando as vítimas dessas igrejas.

          E ainda outros falsários alegam que não vão usar um livro que descreve muito sobre um “bicho” (as bestas do mar e da terra). Pois é! Depois que tais pseudopastores, psedobispos, psedo-apóstolos, etc. e seus seguidores enganados ou “farinha do mesmo saco” estiverem no eterno Inferno, talvez com seus corpos transformados em monstros: rosto de homemcabelo comprido de mulherdentes de leãocouraça de ferro, asas, e rabo de escorpião com ferrão (Ap. 9:1-11) não terão perdão. Os seres humanos condenados no Inferno serão comparados com animais (bichos) monstruosos porque perderão o seu espírito (consciência de Céu e Inferno) recebendo a segunda morte, sendo atormentados eternamente. 

          Para os hereges unicistas supostamente só existe 1 (uma) pessoa para Deus que é Jesus Cristo: ora recebendo também o nome de Pai; ora recebendo também o nome de Espírito Santo. Ou seja, para eles, hereticamente: Pai, Filho e Espírito Santo são apenas três atributos do mesmo único Deus que é Jesus Cristo. No parágrafo sobre a revelação do Apocalipse foi provada a atuação separadamente de cada uma das três pessoas individuais do Triúno Deus, desmascarando as absurdas seitas do unicismo e outras seitas satânicas. Existem várias provas bíblicas de que o Senhor Jesus Cristo é somente, única, exclusiva e individualmente o Deus Filho (Exemplos:  João 3:16; I João 4:9; etc.).

          Igualmente existem várias provas bíblicas de que o Espírito Santo é Deus em pessoa individualmente. Por exemplo: em Lucas 1:35 o Espírito Santo é descrito como sendo pessoalmente Deus Todo Poderoso (igual a Altíssimo). Dentre várias outras provas temos Atos 5:3-4 onde o Espírito Santo é isolada, pessoal e individualmente chamado de Deus. Portanto, Deus é Triúno. Três unidos em um: Deus Pai, Deus Filho (Jesus Cristo) e Deus Espírito Santo. Isto é, o Triúno Deus. No meu livro: A Atuação do Espírito Santo eu provo taxativa e incontestavelmente que o Espírito Santo é uma pessoa individual: a terceira pessoa hierárquica do Triúno Deus. Quem duvida que existe hierarquia de poder e autoridade no Triúno Deus deve ler João 14:28, e vários outras provas científicas e bíblicas no meu livro.

          Há bilhões de pessoas sem entendimento que não atinam nem sequer para as ciências: Física, Lógica e Português (interpretação de leitura). Em João 3:16 afirma taxativamente que Jesus Cristo é o Filho Unigênito de Deus, ou seja, é da mesma genética de Deus Pai. E deixa claro ainda que existiu tempo remoto no passado infinito, e antes da Criação do Universo, em que o Deus Filho (Jesus Cristo) ainda não existia e foi gerado de Deus Pai. Ora, se Jesus Cristo (Deus Filho) foi gerado é porque antes disto Ele ainda não Existia. Ou dois mais dois não são quatro? Portanto, no sentido absoluto da palavra (100%) somente a pessoa de Deus Pai é absolutamente eterna: nunca teve início porque sempre existiu.

          Então eis algumas perguntas aos ridículos unicistas: como Jesus Cristo poderia ser o único Deus se houve época antes da Criação do Universo em que o Deus Filho (Jesus Cristo) ainda nem sequer existia, e foi gerado da pessoa de Deus Pai? Como Ele poderia ser o próprio Deus Pai se Ele está sentado no Céu à direita de Deus Pai? E já pode um Filho ser o próprio Pai? Já pode um Filho nascer (ser gerado) junto ou antes do Seu próprio Pai? Então supostamente antes de Jesus Cristo ser gerado não existia Deus? Não são mesmo absurdas “ideias de jerico”?

          O leitor poderia me questionar: e quanto à pessoa do Deus Espírito Santo, Ele também é eterno? Pela Lógica o Espírito Santo também foi gerado, saído (procede, igual a nascido) de Deus Pai (nos dicionários de gramática da língua portuguesa proceder é ser gerado de, nascer de, etc.). E possivelmente também procedeu do Deus Filho (Jesus Cristo). Possivelmente de ambos, conforme João 15:26 combinado com Filipenses 1:19, etc. Portanto, pela Lógica o Espírito Santo foi gerado depois de Jesus Cristo, e antes da Criação do Universo, porque Ele também participou da criação de todo o Universo.

          O leitor não pode cair na cilada do Diabo, que não considera o Espírito Santo como Deus. A exemplo de Deus Pai e de Deus Filho o Deus Espírito Santo também é Onisciente, Onipresente e Onipotente, segundo provas bíblicas. Como já escrevi, existem dezenas de provas bíblicas (e científicas) de que o Espírito Santo é Deus pessoalmente, e independentemente de Deus Pai e Deus Filho: é a terceira pessoa hierárquica do Triúno Deus, sendo o exato e real Deus Espírito Santo. Assim sendo, podemos afirmar que até mesmo existe hierarquia de tempos de existência no Triúno Deus, pela ordem decrescente: 1º) Deus Pai (em absoluto 100% eterno); 2º) Deus Filho; 3º) Deus Espírito Santo. 

          Deus Pai é a Alma em pessoa (por isto Ele deu a alma, o folego de vida, a Adão). Deus Filho (Jesus Cristo, Palavra, Verbo) é o Corpo em pessoa. Deus Espírito Santo é o Espírito em pessoa. Como nós, seres humanos, fomos criados à imagem e semelhança do Triúno Deus também temos estrutura trípode: 1) alma (é o sangue, que é o sistema circulatório comandado pelo coração; e o fôlego de vida, o ar que respiramos que é o sistema respiratório comandado pelos pulmões); 2) corpo que é a carcaça em geral; 3) espírito que é o espírito do homem, a consciência comandada pelo cérebro. Animais têm cérebro mas não tem espírito, a consciência de Céu e Inferno.

          O leitor deve ter entendido que alma e espírito são duas estruturas humanas diferentes entre si, o que também pode ser provado por vários versículos bíblicos. Ler detalhes sobre as estruturas trípodes de Deus e do homem incluídos no tópico: FATOS SOBRENATURAIS DA MINHA VIDA deste site. Assim como não existe um ser humano formado apenas de alma, ou apenas de corpo, ou apenas de espírito, isto prova que Deus também é o Triúno Deus. De todas as criaturas viventes fisicamente no planeta Terra somente os seres humanos têm espírito. E nós não fomos criados somente à imagem e semelhança de Deus Pai, mas sim do Triúno Deus, como prova a Bíblia, por exemplo, em  Gênesis 1:26 no plural: façamos e nossa.

          Abrindo parênteses para um assunto um tanto fora de contexto, devemos escrever a palavra Diabo com letra inicial maiúscula, por ser um nome próprio (ciência Português). Já o nome “lúcifer” não é nome próprio e sim foi apenas uma qualidade da simples criatura chefe dos querubins antes dele pecar e que significava “portador de luz”. Por isto quando eu escrevo “Lúcifer” geralmente eu coloco tal palavra entre aspas. Hoje ele é o Diabo e Satanás. É por isto que na Bíblia verdadeira não existe a palavra “Lúcifer”.

          Para o Espírito Santo, quando for preciso dar ênfase na sua divindade, devemos usar o Seu nome completo que é Deus Espírito Santo. Pois a expressão comum Espírito Santo de Deus, que geralmente se ouve, creio ser inapropriada, por transferir a ideia de divindade exclusivamente para Deus Pai (da mesma maneira pode-se dizer: homem de Deus). É como se o Espírito Santo fosse um simples servo de Deus e não a máxima, exata e única 3ª pessoa do Triúno Deus. Também devemos usar para Jesus Cristo o nome mais apropriado que é Deus Filho, por ser o único Deus Filho do Universo. Enquanto que Filho de Deus pode ser confundido com simples filho de Deus que é todo e qualquer ser humano salvo em Cristo.

          E nos meus livros eu provo, com detalhes, porque devemos usar a única expressão correta: Triúno Deus (três unidos em um). Invertendo as palavras para Deus Triúno há inconveniência. E por exemplo, as expressões: Trino Deus ou Deus Trino (sem o u de união) são falsas, que juntamente com a expressão indevida: Santíssima Trindade, dão falsa ideia de três “Deuses” totalmente diferentes entre si e que podem até mesmo ser rivais entre si. A expressão: Santíssima Trindade ainda tem um enorme inconveniente: foi oficializada por hereges no satânico Concílio de Éfeso (ano 431 d.C.) visando respaldar a satânica mariolatria da ICAR.

          Mas amigo leitor! Pode conferir que dificilmente você lerá ou ouvirá um líder religioso usando a única expressão correta Triúno Deus. Alguns porque ainda não têm conhecimento deste estudo. Outros porque, mesmo não tendo como me contestar em nada, são arrogantes não querendo “dar braço a torcer”: consideram-me como um simples “zero à esquerda”, e/ou alguns até me odeiam.  Porque eu defendo a pura Verdade bíblica, doa a quem doer. E contra a Verdade não há argumentos. Alguns nem temor de Deus não têm, e não acreditam que algum dia terão de enfrentar o Tribunal de Cristo ou o Juízo Final. Se eu fosse um tremendo falsário pseudopastor maçom de fama internacional, então sim, fariam questão de citar meu nome em suas obras e pregações. É o que fazem, por exemplo, com  satanistas internacionais como: “Papa” Francisco I, David Yonggi Cho, Edir Macedo, Leonardo Boff, Rene Terra Nova, Abe Huber, Max Lucado, Rick Warren, Benny Hinn, Billy Graham, etc. Será devidamente provado neste site.

           Após eu receber o verdadeiro (raro) dom de línguas (cerca de 95% são carnais ou demoníacos) fui tentado pelo Diabo: crianças vizinhas vieram me chamar para orar pela tia delas que, supostamente, estava muito doente. Assim que aquela mulher me viu posicionou os seus braços ao alto, e começou a falar em língua estranha. Então eu pensei: ela não está doente; ela está apenas falando em língua estranha e os seus familiares não sabem o que é isto. Ela falava três a quatro palavras em língua estranha e imediatamente as interpretava em Português. Eu deixei que ela falasse, até que ela se denunciou que estava possessa de demônios. Então eu expulsei os seus demônios em nome do Senhor Jesus Cristo, pelo Seu sangue derramado na cruz e que nos purifica dos pecados.

          Mas antes dos demônios saírem do corpo da vítima o maioral dos demônios quis me  intimidar ameaçar, e por final disse que ele estava com ódio de mim. Porque eu estava empenhado no estudo de identificação da besta apocalíptica. Ele queria me impedir de continuar com tal estudo. Amigo leitor! Existem centenas, talvez milhares de falsos teólogos interpretando o livro de Apocalipse e a escatologia bíblica de acordo com o interesse de Satanás, usando até falsos cristãos de sociedades secretas, que todas elas são satânicas. O Diabo tem ódio particular da minha interpretação, porque possivelmente ela é a única correta, obedecendo rigidamente: à Ciência; às interpretações apocalípticas do teólogo protestante e maior cientista (gênio) da Humanidade, que foi Isaac Newton; e obedecendo principalmente à Bíblia verdadeira (exemplo: Edição Revista e Corrigida, de João Ferreira de Almeida).

          O leitor sabia, por exemplo, que existe ordem internacional de prisão perpetua contra o general dos jesuítas, que é o “papa negro“, e contra os “Papas“: Bento XVI e Francisco I, por crimes hediondos de sacrifícios de crianças ao Diabo em rituais maçônico-satânicos de missas negras? É Tribunal Internacional (vários juízes e várias testemunhas oculares de acusação), com número de Processo Judicial Internacional (Súmula) e demais formalidades legais. Se as dezenas de fontes (provas) da Internet fossem falsas já teriam sido eliminadas. 

          Se eles fossem réus comuns já teriam sido mortos pelos próprios presos da cadeia. Mas como se trata de “Papas” acobertam os criminosos e não querem prendê-los. Para você ficar sabendo disso tudo tem que ler este site, porque a imprensa mundial, covarde e corrompida, não publica isto. Mais adiante, neste site, você terá as devidas provas contra os dois “Papas” e o “papa negro”. Confira também adiante neste site que extratos de fetos humanossão usados criminosamente como ingredientes para fazer: refrigerantesoutros alimentoscosméticos, etc. Existem reais provas escritas e em vídeos de YouTube. 

          Confira ainda que existe uma doença de cães que pode causar esterilidade em meninas e atrofiar fetos humanos em formação, nascendo aleijados. Em poucos anos futuros a Humanidade vai sofrer um caos generalizado devido muita fome e miséria com à falta de alimentos do reino vegetal: para haver sementes é necessária a polinização das flores através das abelhas, borboletas e outros insetos, que estão sendo exterminados no mundo todo com agrotóxicos.

          Já me perguntaram se eu não tenho medo de escrever sobre estes assuntos. Ou o leitor acredita na Bíblia, ou não acredita. E basta não acreditar na Bíblia para ir ao Inferno, conforme Apocalipse 21:8. Lá também afirma que os covardes não vão para o Céu. Foi Deus quem me determinou escrever estes assuntos. E Ele somente tem compromisso comigo enquanto eu tiver compromisso com Ele. A partir do instante em que eu for infiel para Deus, pela ciência Lógica, Ele pode me abandonar. É exatamente por isto que geralmente quando um filho do Diabo faz uma “forca” para me “enforcar” ele próprio é “enforcado” nessa sua “forca” (paralelismo com a história de Hamã e Mardoqueu, do livro de Ester). Quem quiser saber mais detalhes a meu respeito deverá ler neste mesmo meu site o tópico: FATOS SOBRENATURAIS DA MINHA VIDA clicando diretamente no link: https://laurohenchen.com.br/index.php/2017/05/18/fatos-sobrenaturais-da-minha-vida/ 

          Nas provas contra os três “Papas” citados acima me dá pena de ler comentários de internautas não aceitando a pura verdade. Ora, um “Papa” tem tanto poder mundial que os Presidentes ímpios das Nações “se pelam de medo” dele, chegando a ponto de se ajoelhar em frente dele. Quando o apóstolo João se ajoelhou em frente ao anjo do Apocalipse recebeu uma repreensão do anjo dizendo (o anjo) que isto é adoração. E que somente Deus (o Triúno Deus) pode ser adorado (Ap. 19:10). Se as provas de Internet contra os “Papas” não fossem reais e verdadeiras, será que eles não teriam autoridade para eliminar tais provas da Internet? Por favor, não subestimem a minha inteligência!

          Quando se trata de vídeo com cenas muito fortes e chocantes de sacrifício de crianças e outras pessoas ao Diabo a Justiça Internacional manda eliminar tal vídeo da Internet. Pois a legislação internacional proíbe que pessoas de menor idade e principalmente crianças tenham livre acesso a tais terríveis, horripilantes e chocantes cenas. O leitor pode pesquisar que alguns vídeos contra os “Papas” foram eliminados da Internet por ordem judicial.

          Talvez sejam os vídeos mostrando supostamente os “Papas” a desossarem os bebês e nenês ainda vivos, pedacinho por pedacinho, com faca elétrica (depoimentos oficiais e judiciais de testemunhas oculares). Os vídeos só têm permissão para mostrar, por exemplo, o atual “Papa” com a sua roupa suja de sangue. E que eu saiba ele não tem o ofício de açougueiro… Confira as dezenas de provas na Internet digitando como busca as palavras: missa negra papa francisco. Leia o Processo Judicial Internacional sob a forma da Súmula nº 18072014-002.

          Dançando com o Diabo em Paris: com este título a revista internacional Chamada da Meia-Noite, edição de janeiro/2016, páginas 12 e 13, publicou uma matéria mostrando como prova uma fotografia tirada dos jovens na boate Bataclan em Paris, minutos antes dos terroristas matarem cerca de 130 jovens. Os terroristas do EI (Estado Islâmico) são agentes do Diabo, adoradores da suposta (inexistente) deusa (demônio) Lua (Alá, do islamismo). Vários jovens libertinos faziam gestos com a sua mão chifrada (não confunda com o V de vitória, que também pode ser satânico em algumas situações) de adoração ao Diabo (igualmente como faz o cantor suposto evangélico André Valadão). Naquela noite (13/11/2015) estava tocando a satânica banda metaleira Águias da Morte e no instante do tiroteio tocando e cantando a música Beije o Diabo

          Como Deus nos dá o direito ao livre arbítrio aqueles jovens insensatos fizeram a opção de adorar o Diabo e por isto ele, sempre muito ardiloso, astuto, e apressado, levou logo tais jovens junto consigo “aos quintos” do Inferno, antes que pudessem se arrepender e serem salvos em Cristo. Muitos daqueles jovens libertinos estavam pensando que o Diabo fosse “bonzinho”; ou estavam adorando o Diabo apenas de brincadeirinha sem sequer acreditar que o Diabo existe. Estavam apenas “na onda da moda”.

          Na Era Cristã sempre existiram, existem e ainda existirão muitas matanças, carnificinas, no mundo, principalmente contra cristãos (hereges ou autênticos), que não negam a Jesus Cristo. Porém as matanças de jovens na boate Bataclan em Paris e na boate Kiss em Santa Maria – RS foram comprovadas respostas imediatas à adoração ao Diabo. Um insensato poderia alegar simples coincidência na Bataclan. Negativo! Veja as provas da atuação do Diabo: a) estavam adorando o Diabo com a mão chifrada, bebedeiras, danças, etc., isto é, adorando também o deus (demônio) Baco (orgias e bebedeiras); b) ao som da banda metaleira satânica Águias da Morte; c) dançando e cantando a música: Beije o Diabo.

          Então, como pediram, foram beijar o Diabo eternamente “nos quintos” do Inferno! Este é um lastimável exemplo do quadro de degradação moral e religiosa da atual juventude mundial nas mãos do Diabo, demônios, e de seus auxiliares seres humanos, secretos agentes satânicos: jesuítas, illuminati, maçons, rosacruzes, cavaleiros de malta, etc.; mundanos, ateus; e hereges espirituais como: islamitas, budistas, hinduístas, xintoístas, gnósticos, idólatras, mariólatras, macumbeiros, abomináveis espíritas, etc. (Digitado em 02/2016).

          Em Jeremias 3:15 o próprio Deus Pai deu uma informação extremamente importante à toda a Humanidade: “E vos darei Pastores segundo o Meu coração, que vos apascentem com Ciência e com inteligência.” (Bíblia verdadeira Edição ARC). Portanto, a autoridade religiosa humana máxima é o Pastor, que deve ser inteligente e entendido nas ciências, religiosamente subordinado diretamente ao Sumo  Pastor (I Pedro 5:4), que é o Pastor dos Pastores, o Senhor Jesus Cristo, o Deus Filho

          No total existiram 16 apóstolos (quando I Cor. 12:28, Efésios 4:11, etc. foram escritos ainda existiam apóstolos vivos) e o último a morrer foi o apóstolo João no ano 103 d.C. Hoje existem os “apóstatas“. As funções de apóstolo, bispo, presbítero e ancião hoje são exercidas pelo Pastor. Algumas igrejas usam a função de presbítero como auxiliar religioso do Pastor. Funções bíblicas como: diácono, evangelista, mestre, doutor, profeta, etc. e a função de missionário, todas estão abaixo do Pastor. Bispo era função administrativa chefiando coligações de igrejas, cuja função administrativa juridicamente no Brasil hoje é exercida pelo presidente das igrejas. Repetindo: acima do Pastor só mesmo o Sumo Pastor Jesus Cristo. A igreja católica inventou muitas fantasias. E as palavras: “Papa”, “Padre” (e suas derivadas: “padrinho” e “compadre”) são blasfêmias contra Deus Pai, porque querem dizer Pai em Italiano e Espanhol. Em Mateus 23:9 afirma taxativamente: “E a ninguém na Terra chameis vosso Pai, porque um só é o vosso Pai, o que está nos Céus.” São quatro palavras  blasfemas usadas exatamente no sentido religioso proibido pelo Deus Filho. Em vez de usar  as palavras blasfemas “padrinho” e “madrinha” (batismo de crianças é antibíblico) devemos usar a palavra jurídica e biblicamente correta testemunha.

          Quando eu ainda não era Engenheiro Civil, era apenas Sargento Rádio Telegrafista (de carreira) do Exército e no campo religioso ainda nem sequer estava estudando no curso superior (4 anos) de  Bacharel em Teologia fiz uma apostila religiosa de algumas páginas sem me identificar. Um colega de serviço lia, relia e gabava o trabalho dizendo que o autor era muito inteligente, um grande teólogo, talvez de fama internacional. Eu ficava só ouvindo. Ele levou a apostila para sua casa e após alguns dias me pediu que informasse a ele o nome do livro e seu autor do qual eu havia copiado a apostila. Quando lhe falei que eu próprio era o autor, para  ele a apostila perdeu a graça. Devolveu-me a apostila dizendo que eu poderia dá-la a outra pessoa. Dando a entender que eu era igual a ele: um simples Sargento, sem bagagem teológica, um suposto “zero à esquerda”.

          Mas quando aparecem “lobos em pele de ovelha”, dissimulados satanistas nacionais e internacionais como alguns famosos pseudopastores, pseudobispos, pseudomissionários, pseudo-apóstolos, etc. fazendo pregações ditadas por demônios as falsas igrejas lotam de cegos espirituais, sentindo “coceira nos ouvidos” pelos dissimulados satanistas (II Timóteo 4:3-4). Principalmente os jovens delirando quase chegam a ponto de se urinarem nas calças de tanta histeria pensando que o pregador está cheio do Espírito Santo enquanto que, quem está ditando a pregação são espíritos enganadores. Ao longo da leitura deste site o leitor terá os nomes de apenas alguns dentre milhões desses satanistas disfarçados de homens de Deus, principalmente satânicos maçons, cujos livros vendem como água aos incautos “masoquistas”. Os satânicos maçons, com seu satânico dinheiro amaldiçoado, corrompem muitos líderes e membros das igrejas.

          Atualizado em 10/03/2018. Analisei a atuação de famosos pregadores do Evangelho, supostos evangélicos e protestantes, nas últimas décadas até hoje, e lamentavelmente percebi que raramente existe quem seja relativamente santo e de bom caráter. Geralmente se trata de um hipócrita que está pagando alguma forma de tributo ao Diabo para poder ter fama, sucesso, poder, dinheiro, etc. Pelo menos eles têm um dos inconvenientes: é um satanista maçom; beberrão; adúltero; ladrão; mundano; ateu; hipócrita que mistura o Evangelho de Cristo com: idolatria, mariolatria, espiritismos, ecumenismo, mundanismo, etc. Deus não aceita repartir a Sua glória com o Diabo. Para Deus interessa mais apenas uma alma salva em Cristo do que milhões de vítimas enganadas por líderes falsários.

          Durante meu último curso pelo Exército, no Rio de Janeiro, após um almoço e durante uma breve soneca no alojamento, fui acordado por dois colegas, que me pediram para intermediar uma discussão religiosa entre eles: um crente evangélico e um espírita. O espírita queria me convencer com falsos argumentos e eu os refutava pela Bíblia. Até que o espírita “esgotou seu repertório” e irritado disse: Mas você só se baseia nessa sua Bíblia e para mim a Bíblia é um livro comum como qualquer outro livro de História, de romance, de ficção científica.” Não! Amigo leitor. A Bíblia não foi escrita por vontade humana e sim foi o próprio Deus Espírito Santo quem ditou a Bíblia para nós, apenas usando os Seus servos humanos como intermediários (II Pedro 1:20-21).

          Deus havia designado o povo santo hebreu para salvar todas as Nações do mundo, dando-lhe privilégios, bênçãos, etc. Mas o povo santo se contaminou com os povos vizinhos ímpios se tornando uma Nação tão depravada pecadora que Deus precisou usar o profeta Isaías 30:8-11 para alertar o povo, mandando Isaías escrever tudo num livro para depois o povo não ter justificativa contra Deus. O povo se tornou mentiroso, não queria mais ouvir a Lei de Deus, não queria mais profecias verdadeiras, queria apenas ser bajulado e ouvir apenas coisas agradáveis, e pediu aos sacerdotes não mais falarem de Deus. Como o povo rejeitou a Deus nada mais junto que Deus entregá-lo “de bandeja” ao Diabo: quase todos morreram ao fio da espada. O povo hebreu havia se dividido em Reino do Norte (Israel capital Samaria) e Reino do Sul (Judá capital Jerusalém). Algum pequeno remanescente vivo do Reino do Norte ficou cativo como escravo na Assíria. E remanescente vivo do Reino do Sul ficou cativo como escravo na Babilônia. Quem manda rejeitar a Deus dando lugar ao “Capeta”!

          Insensatos afirmam que é errado dizer que o crente salvo em Cristo paga pelos seus pecados. Na lei humana dizer que alguém está perdoado por uma dívida em dinheiro significa não mais precisar pagá-la. Mas na Lei de Deus é diferente. Os insensatos fazem confusão com I João 1:9, onde afirma apenas que Deus perdoa espiritualmente os pecados de quem se arrepender, confessá-los a Deus pedindo perdão. Ou seja, o transgressor se livra do Inferno. Mas jamais podemos nos esquecer da lei da semeadura de Gálatas 6:7. Quer dizer então que, por exemplo: um “Pastor” trai sexualmente a sua esposa estuprando uma menina pré-adolescente, que fica grávida, criando dezenas de implicações tremendamente negativas para várias pessoas, e nunca vai pagar nada por tal pecado? Isto é absurdo até mesmo na lei dos homens. Literal e efetivamente tal “Pastor” irá pagar por seu pecado, porque Deus também é de justiça! Se o leitor quiser um grande exemplo bíblico pense no rei Davi: ele estava salvo no Triúno Deus provisoriamente (antes de Cristo) e cometeu pecados gravíssimos dignos de morte carnal por apedrejamento. Então pediu e recebeu perdão de Deus. Mas precisou pagar rígida e fisicamente por todos os seus pecados. Quem não pagar pelos seus pecados em vida física, pela Lógica, irá pagá-los no Inferno.

          Para os ímpios e rebeldes contra Deus a morte de 42 jovens (II Reis 2:23-25) foi um ato injusto por parte do profeta Eliseu e de Deus. Mas é preciso analisar todo o contexto. Antes disso o profeta Elias foi arrebatado ao primeiro céu (atmosfera terrestre) e Deus deu porção dobrada de poder espiritual de Elias a Eliseu. Provavelmente com isto Satanás ficou muito furioso e usou os seus 42 discípulos (talvez encostados de demônios) para procurar matar a Eliseu, começando a aborrecê-lo com deboche: “sobe calvo!” Eliseu estava sozinho contra 42 discípulos do Diabo em possível caminho perigoso (as ursas saíram do bosque). Eliseu estava caminhando numa subida, mas possivelmente os 42 discípulos do Diabo também estavam debochando da autoridade espiritual de Eliseu e do próprio Deus (que conhece todo pensamento) desafiando a Eliseu subir ao céu igualmente a Elias. Então foi usada a lei da semeadura (Gálatas 6:7). Um episódio semelhante aconteceu com 250 pessoas que quiseram usurpar as autoridades de Moisés e de Arão: todos tiveram um fim terrível (Números 16:28-33).

          Os corpos dos seres humanos mortos e salvos em Cristo estão dormindo conforme I Reis 2:10;  11:21; II Reis 14:29; João 11:11-14; I Cor. 15:51; I Tes. 4:13; etc. até o dia da ressurreição, quando os mortos salvos em Cristo receberão corpo glorioso, transformado, celestial, para poder entrar no Céu. Já as suas almas e espíritos estão conscientes no Paraíso conforme Mateus 17:3;  Lucas 12:4;  23:43;  II Cor. 5:8; Fil. 1:23; Ap. 6:9-10; etc. E como não podia deixar de ser, os mortos não salvos em Cristo estão em local de tormento conforme Mateus 25:41; Lucas 16:22-26; Ap. 19:20; 20:15: etc.

          Nós, seres humanos, fomos criados como criatura superior, à imagem e semelhança do Triúno Deus, com a finalidade de louvar, amar (1º dos dois novos mandamentos), honrar, bendizer, adorar, obedecer e glorificar o Triúno Deus. Quem não faz isto está fugindo da finalidade da sua criação. Antes de sermos gerados como fetos humanos estávamos com Deus na forma de espírito. Mas Deus nos quer na forma final também com alma e corpo. Por isto precisamos passar pelo corpo físico, carnal humano para nos aperfeiçoarmos e termos um futuro corpo glorioso, celestial, no Céu. E a Terra está à distância exata do Sol para que possamos viver carnalmente. Por isto o salvo em Cristo anseia pela volta ao Lar Celestial. Mas em geral o ser humano (mesmo o salvo em Cristo) tem medo da morte, porque tem o instinto natural de sobrevivência. Todavia o salvo em Cristo não tem medo das consequências da morte, porque tem a segurança da vida eterna em Cristo. É exatamente por isto que para o ímpio o Evangelho (Bíblia) é loucura. 

          Poder-se-ia citar centenas de nomes de figurões mundiais que atingiram o topo máximo de glória humana, como: políticos, reis, “Papas”, banqueiros, industriais, cientistas, artistas, escritores, etc. mas se consideravam um “lixo” humano, porque eram tremendamente infelizes. Para dissipar as suas tristezas com a vida e tentar preencher os vazios venderam as suas almas ao Diabo para obter falsa paz e falsa segurança, com as eternas e trágicas consequências já em vida. Outros se tornaram uns bêbados, drogados, prostitutos, etc. Ou até se suicidaram. Mesmo com toda a glória terrena eram tremendamente vazios e infelizes. E alguns deles somente conseguiram ter real felicidade e segurança através de Jesus Cristo. Somente conseguiram “nascer de novo” e ter seus vazios preenchidos pelo Deus Espírito Santo, quando se converteram a Jesus Cristo. Porque antes de nós sermos gerados como fetos humanos éramos espírito habitando com Deus, e por isto o ser humano somente sente verdadeira felicidade, paz e segurança quando se volta realmente (sem hipocrisia) para o Triúno Deus.

                   Já o Satanás quer nos impedir de lermos a Bíblia verdadeira, orarmos a Deus Pai em nome de Jesus Cristo, e de irmos à igreja verdadeira de Deus. Somente Jesus Cristo salva (Atos 4:11-12) e a salvação é gratuita, como uma graça de Deus, mediante a nossa fé (Efésios 2:8-9). As boas obras não salvam ninguém. O salvo em Cristo automaticamente pratica as boas obras para o futuro galardão no Céu, movido pelo Espírito Santo, e porque o 2º dos dois novos mandamentos é amar ao próximo como a nós mesmos. Satanás quer nos desviar do real caminho de Deus, e quer nos distrair em vida carnal para impedir que sejamos salvos em Cristo. Por isto Satanás usa meios de comunicação como: televisão, Internet e WhatsApp (podemos usar o mínimo indispensável ao trabalho ou para propagar o reino de Deus); jogos; festas idólatras e mundanas; bailes; sexo ilícito; drogas; bebidas alcoólicas; pornofonia; ateísmo; religiões falsas e seitas; a “arapuca” da riqueza; etc. Em geral a Bíblia diz que um filho de Deus não precisa mendigar o pão. Mas diz também que aquele que quer ficar rico pode cair na cilada do Diabo.

          Neste sentido os maçons e demais sociedades secretas estão a serviço do Diabo. Acredito que no Brasil para alguém ser rico já tem que vender a sua alma ao Diabo (Lucas 4:5-7) através dos illuminati e da maçonaria. Segundo informações de comentarista esportivo no Brasil um juiz de futebol e jogador profissional é forçado a se associar na maçonaria. E isto sugere que só ganha o time de qualquer tipo de jogo (profissional que movimenta dinheiro) no Brasil que a maçonaria determinar (geralmente quem pagar mais tributo, como adoração, ao Diabo). Os torcedores enganados ficam se “digladiando” em favor desse ou daquele time enquanto que os maçons já decidiram antecipadamente quem vai ganhar. O expoente máximo mundial e de toda a história da maçonaria é Albert Pike, que se dizia ser o “Pontífice Universal da Maçonaria” e ele declarou taxativamente que a maçonaria é religião que adora o Diabo. Portanto, amigo leitor, não entre na onda de outros também satânicos maçons, tremendos maus caráteres e mentirosos, enganando as suas vítimas, afirmando que maçonaria não é religião. 

          O mega-satanista maçom Albert Pike enganou os maçons e demais satanistas mundiais afirmando que Lúcifer é Deus. A palavra “Lúcifer” nem sequer existe na Bíblia verdadeira. O suposto “Lúcifer“ atualmente é o Diabo, Satanás, o maior gênio da escuridão, das trevas, do mal, do Inferno. Ler as provas científicas e bíblicas diretamente aqui neste site, no tópico: CAIR NO ESPÍRITO E SOCIEDADES SECRETAS, clicando no link: https://laurohenchen.com.br/index.php/2017/05/18/cair-no-espirito-e-sociedades-secretas/ O Diabo cegou o entendimento  (II Cor. 4:3-4) de cerca de 60% da Humanidade (excetuando-se as pessoas que nunca tiveram sã consciência e as crianças ainda inocentes). Tanto prova que hoje geralmente as pessoas não acreditam mais que somente Jesus Cristo salva. Os hereges pensam que podem comprar a salvação com as boas obras. Outras pessoas nem sequer acreditam em salvação. Não acreditam na Bíblia. Não acreditam que existe Diabo, pecado, Juízo Final e Inferno. Assim fica bem fácil para o Diabo, não é mesmo? 

          O leitor entendeu agora por que muitas pessoas (até alguns parentes) me evitam? É que a Verdade dói na consciência de quem não quer seguir o verdadeiro caminho de Cristo. Ou é um falsário. E/ou é satanista, idólatra, abominável espírita, mariólatra católico, ateu, covarde, irresponsável, incompetente, etc. Ler uma dentre várias provas, em João 6:65-68. Sou levado a crer que Deus quer uma elite de fortes espirituais (Salmo 1; Tiago 4:4; etc.). Enquanto um mendigo pode fazer parte da elite já um rico dificilmente fará parte dela. É uma elite de reais filhos de Deus que também têm coragem, competência e moral para refugar as falsas benesses oferecidas pelo Diabo, como eu rejeitei conforme parágrafo acima neste tópico.

          Entretanto também haverá os salvos em Jesus Cristo como se fosse pelo fogo (I Cor. 3:15), passando por muitas provações e sofrimentos (serão mortos pelo Anticristo) sendo salvos sem galardão, como as “virgens néscias”. E na futura terrível Grande Tribulação haverá bilhões de salvos em Cristo. Mas por que não ser feliz fazendo parte da elite, sendo arrebatado ao Céu como Igreja de Cristo prudente, com direito a galardões e antes de precisar passar por terríveis sofrimentos, provações e tribulações? E quem pode garantir que estará vivo daqui a cinco minutos? A oportunidade de salvação termina com a morte física carnal: não existe purgatório, não existe reencarnação em outro corpo, não adianta mais orar por alguém que já morreu, conforme prova a Bíblia. Isto são “arapucas” do Diabo para impedir que as pessoas se salvem em Cristo em tempo oportuno.

          Fiquei muito triste após ver um vídeo de Internet onde um ex-maçom do maior grau 33, o Pastor Stêfani Saad, está alertando os filhos de Deus sobre o elevado controle mundial das igrejas atualmente pelos maçons. Informa que atualmente um cantor evangélico somente consegue ter fama fazendo sucesso se vender a sua alma ao Diabo, através da maçonaria. Que os “Pastores” evangélicos de igrejas grandes ganham fortunas de dinheiro em cima das vítimas, porque venderam a sua alma ao Diabo da satânica maçonaria.

          Que um real filho de Deus, que tenha vocação e chamado de Deus ao pastorado não consegue mais ordenação como Pastor se não obedecer ao esquema da satânica maçonaria. Portanto, acredito que atualmente a associação de Pastores daquele candidato somente o ordena a Pastor se o candidato também for maçom; ou se a comissão de ordenação pressupõe que o candidato tenha grande probabilidade de não causar problemas futuros para a maçonaria. Ainda bem que eu fui ordenado a Pastor oficialmente, com provas registradas em Cartório, válidas em todo mundo pela Aliança Batista Mundial, antes de ser suposta vítima da satânica maçonaria.

          O leitor pesquise na Internet sobre fachadas, demais arquiteturas e detalhes externos e/ou  internos de satânicas lojas maçônicas e depois compare tudo com alguns templos religiosos. Perceberá que lamentavelmente muitos templos religiosos, inclusive protestantes e evangélicos copiaram, pelo menos em algum detalhe, as satânicas lojas maçônicas, pagando imposto ao Diabo. Ora, se um templo religioso já tem detalhes maçônicos adorando o Diabo, o que você espera dos seus membros ricos e líderes religiosos? Você entendeu agora porque tais satânicos templos sempre estão lotados de falsários ou vítimas masoquistas e sempre têm muito dinheiro? Basta fazer alguma concessão ao Diabo que o sucesso, em cima dos falsários ou “tapadas” vítimas masoquistas está garantido.

          Veja a prova no vídeo: https://www.youtube.com/watch?v=LLw2fDMwy0U  O vídeo original do YouTube havia sido extinto, talvez por ordem dos illuminati e/ou da maçonaria e por isto o autor reeditou um vídeo no Dailymotion. Mesmo assim já sofre paradas repentinas até voltar a funcionar. E o leitor deverá vê-lo no Google Chrome que é mais rápido e têm menos paradas. Quando estiver parado o vídeo clique na tela do vídeo para continuar. Após o Pr. Saad fazer os alertas em vídeos ele sumiu. Não se tem mais notícias dele. No tópico: CAIR NO ESPÍRITO E SOCIEDADES SECRETAS deste site está devidamente desmascarada a herética maçonaria. http://www.dailymotion.com/video/x1ql76v_andre-valadao-macom-rit-tv-graca-musi c_news  O inconveniente do vídeo no Dailymotion é que os vídeos paralelos talvez tenham sido todos comprados por André Valadão fazendo sua propaganda. Por que André Valadão se denunciou como maçom simulado e bajulou o futebol? 

          O símbolo do escudo da fé que alguns hereges seguidores do suposto maçom André Valadão usam em carros, motocicletas, Bíblias, etc. tem duas finalidades maldosas: 1) identificar as vítimas desse esquema maçônico-satânico, simulado de evangélico, como propaganda satânica para dar mais IBOPE, levando mais almas incautas cativas dessa farsa; 2) servir como suposta proteção física (bruxaria) contra as investidas do mal. Se o leitor duvida disso tem muita matéria, principalmente comentários, de vítimas na Internet afirmando que o objetivo de usar o símbolo é exatamente esse: servir de suposta proteção espiritual (bruxaria). Ora, o fiel crente evangélico salvo em Cristo tem a sua proteção contra o Diabo em sua mente, na atuação do Espírito Santo, e não em símbolos diabólicos disfarçados de bíblicos.  

          Uma fonte de Internet informa que o símbolo do escudo da fé é um amuleto para dar proteção. Isto  reforça a prova do parágrafo anterior sobre os comentários das vítimas na Internet, usando o símbolo exatamente para dar suposta proteção. Portanto, só pode ser bruxaria inventada pelo Diabo para iludir as vítimas passando a crer na proteção física, material de um amuleto, e não crer somente na Palavra de Deus e na proteção de Deus. O leitor pode pesquisar que geralmente por trás de tais engodos está algum satânico maçom. O amuleto do escudo da fé tem a mesma função do idólatra crucifixo (já expulsei demônios, em nome de Jesus Cristo, que estavam em crucifixo) para os católicos e do olho de horus para os declarados satanistas.

          Certo amigo Coronel evangélico, quando soube que eu sou um Pastor evangélico ficou indignado contra mim pelo fato de eu não ter conhecimento de um show do conjunto “Diante do Trono”, que só faltou dizer que era diante do “trono do banheiro”. Porque a cantora Ana Paula Valadão ficou possessa de demônios caindo no chão, imitando o som animalesco de um leão. Leia sobre as ciladas do Diabo neste mesmo site no tópico: CAIR NO ESPÍRITO E SOCIEDADES SECRETAS. Agora o leitor deve concordar com a informação do Pastor Saad sobre cantores falsamente evangélicos na realidade satânicos maçons. 

          Sobre a infernal maçonaria dominando o meio evangélico ainda assista outra prova no vídeo: https://www.youtube.com/watch?v=NAcSbYBX2zM onde o Pastor Caio Fábio já começa o vídeo dizendo que as presidências de instituições religiosas (Convenções de Igrejas, Associações de Pastores, diretorias de igrejas grandes, etc.) estão entupidas de maçons. Mas então por que dificilmente se consegue descobrir quem é um pseudopastor satânico bode maçônico? Como ele ganha fortuna de dinheiro em cima das suas tapadas vítimas também tem muito poder do Diabo dentro de sua Loja Maçônica, impedindo que o seu nome apareça nas listas de Internet. Se perguntarmos a um pseudopastor maçom ele nega que seja maçom, cumprindo pacto de sangue e de morte com o Diabo, de mentir e guardar segredos. Se ele for à  Loja Maçônica dele o faz em horário noturno (madrugada) sem ser descoberto pelos fiéis da sua igreja. Mas têm outros meios de descobrir um satânico pseudopastor bode maçônico, por exemplo: você jamais o ouvirá denunciando a satânica maçonaria de um púlpito de igreja, porque Satanás não trabalha contra si mesmo (Mateus 12:25-26). 

          Os meios de comunicação dependem de muito dinheiro e por isto em geral onde envolve muito dinheiro, fama, sucesso, poder, etc. pode estar por trás a atuação, mesmo simulada, do Diabo. A televisão, por exemplo, tem que direcionar sua programação para a grande maioria da população não salva em Cristo, e ainda é forçada a obedecer ordens dos satânicos illuminati, para impor “goela abaixo” a Nova Ordem Mundial. E quando você souber de líder religioso afamado pode pesquisar que geralmente ele é um disfarçado satânico maçom, rosacruz, etc. Em geral (toda regra geral pode ter exceção) quem não paga tributo ao Diabo não faz sucesso por questão de lógica: não agrada à 80% da Humanidade.

          Certas matérias escritas informam que o Vaticano é o Estado (Nação) mais rico do mundo. Que as famílias illuminati controlam o poder econômico-financeiro do mundo e que a maioria dos seus agentes são os satânicos maçons. Alguns maçons leram meus livros e de uns meses para cá a venda dos meus livros despencou. Sou levado a crer que a maçonaria proibiu as igrejas de comprarem meus livros. Em Atos 5:29 afirma que mais importa obedecer a Deus do que aos homens. E Ap. 21:8 afirma que os tímidos, covardes, vão ao Inferno! O leitor tem o livre arbítrio de escolher entre obedecer a tais homens comandados pelo Diabo; ou se quer se livrar da besta 666 e da Babilônia lendo meus livros, indo ao futuro Paraíso e posterior Céu, no além túmulo. Este tópico é apenas um breve resumo; para saber como se livrar da besta e da Babilônia precisa ler meu livro. Ou o leitor duvida que vai morrer algum dia e enfrentar o Tribunal de Cristo ou o Juízo Final, sem desculpa?

          Há poucos dias ouvi a pregação de um falsário (possível satanista maçom) de mega igreja se gabando que um seu livro vendeu 2.500 exemplares em poucos dias somente na sua igreja, logo assim que foi posto à venda. Que livro é esse? Possivelmente ditado por demônios. Pois os supostos filhos de Deus masoquistas somente querem ler coisas agradáveis aos seus ouvidos (II Tim. 4:3-4). E sobre os meus livros, o leitor já raciocinou com a trágica situação de pseudopastores que impedem os membros de suas igrejas de lerem meus livros e se livrarem da besta 666 e da Babilônia? A sentença de Cristo contra tais pseudopastores está em Lucas 17:2 que sugere: melhor seria lhes atar uma pedra ao pescoço e atirá-los ao mar. Porque não apenas estão se candidatando a si próprios ao Inferno como estão arrastando junto consigo os membros das suas igrejas.

          Quem quer adorar a Deus e o Diabo está adorando somente o Diabo, porque Deus (o Triúno Deus), não aceita mistura com ninguém (Isaías 42:8). Não com os maiores seres angelicais da Criação do Universo, que são os querubins (como foi o chefe dos querubins, atual Diabo, antes de pecar); não com serafins; não com arcanjos; não com anjos; e muito menos com seres humanos, como Maria, que é menor que um simples anjo (Hebreus 2:6-7).

          Maria é uma santa mulher usada como “barriga de aluguel” para o nascimento do bebê primogênito Jesus humano, deixando de ser virgem desde aquele primeiro parto. Depois teve vários filhos carnais genéticos (dentre várias provas bíblicas leia Marcos 6:3) com seu legítimo esposo José. Mas segundo a Bíblia o próprio Jesus Cristo nunca chamou Maria de Sua mãe (ler João 2:4). E o único Mediador entre nós, seres humanos, e Deus é Jesus Cristo (I Timóteo 2:5), que é o único Deus Filho (100% Deus) e ao mesmo tempo o Filho do Homem (100% homem).

          A reza para Maria é satânica idolatria (mariolatria) contra Deus Pai, porque nossas orações só devem ser dirigidas direta, única e exclusivamente ao Deus Pai em nome de Jesus Cristo, por ordem taxativa do Deus Filho em Mateus 6:6; João 15:16 e 16:23; Efésios 5:20; etc. Orações invocando espíritos, guias familiares, ancestrais mortos, Buda, Maomé, Alá, Maria, santos, etc., se forem atendidas é pelo Diabo e seus demônios auxiliares. E nas orações ao Deus Pai nós devemos usar a única forma de tratamento gramatical correta: Tu, Teu, Tua, etc., na 2ª pessoa do singular, como manda a ciência Português e principalmente a Bíblia (Mateus 6:6-13).

          A Bíblia é a única e exclusiva regra de fé e prática religiosa dos verdadeiros filhos de Deus. Não entre na onda do Diabo usando palavras como: Vós, Vosso, Vossa, etc. no plural, que são modas inventadas pelo Diabo através de livros paralelos à Bíblia feitos pelo Diabo, como o satânico Catecismo católico. Possivelmente os incautos, leigos ou falsários usam o tratamento satanicamente no plural já incluindo mentalmente: Maria, Aparecida, “padim Ciço”, santos, “Papas”, imagens de escultura, a estátua do galo de Carnaúba dos Dantas – RN, etc.

          Mas não adianta nem mesmo orar somente ao Deus Pai em nome de Jesus Cristo se fizer conjunta e/ou posterior concessão ao Diabo, como fazem, por exemplo, os hipócritas atualmente nos casamentos falsamente protestantes e falsamente evangélicos (como nas falsas igrejas da “indústria da fé” e heréticas igrejas em células): assim que termina a oração “caem na gandaia” com baile e cervejada, igualmente aos católicos, espíritas e demais ímpios, do jeito como o Diabo gosta, hipocritamente pensando em ter a benção de Deus, enquanto estão adorando o deus (demônio) Baco, das orgias e bebedeiras.

          Pela Bíblia, quem estiver bêbado no ato do Arrebatamento da Igreja ficará para trás, e se morrer bêbado vai ao Inferno. Porque os bêbados não entram no atual Paraíso e no futuro Céu (I Coríntios 6:9-10; Gálatas 5:19-21; etc.). Achou pesado? Então vá se queixar para Deus. Porque a Bíblia é a Palavra de Deus. Eu apenas quero tê-lo como conservo de Cristo, salvo na eternidade. O jovem insensato poderia argumentar: igreja e Bíblia existem para velhos. Quando eu for velho vou pensar nisso. Mas ninguém pode garantir que estará vivo daqui a cinco minutos. E não existe purgatório, nem reencarnação em outro corpo. Não adianta mais orar por alguém depois que ele já estiver morto. 

          Alguém insensato, que quer se justificar quanto a ingerir bebidas alcoólicas sempre cita o fato de que o próprio Jesus Cristo transformou água em vinho; e que o apóstolo Paulo até recomendou a Timóteo tomar um pouco de vinho (na época de Timóteo a água era suja, sem tratamento, cheia de bactérias, possivelmente deixando Timóteo doente do estômago e por isto Paulo o aconselhou a tomar vinho, ou suco de uva, que são líquidos sem bactérias). Porém tudo isto são apenas isoladas exceções à regra geral. O bom samaritano usou vinho alcoólico como remédio para desinfetar as  feridas da vítima, matando as bactérias. 

          E no meu livro: A Atuação do Espírito Santo eu explico muito bem porque obrigatoriamente o primeiro milagre de Jesus teve de ser transformar água em vinho, que simboliza o sangue. Como regra geral desde o Velho Testamento ingerir bebidas alcoólicas já era reprovado e até proibido (dezenas de provas bíblicas, como Levítico 10:1-11). Na época de Paulo só se falava em vinho (alcoólico ou suco de uva) e bebida forte, com mosto, que hoje são bebidas alcoólicas como: cerveja, uísque, cachaça, conhaque, champanha, etc.

          Então o incauto poderia me questionar: como o Novo Testamento proíbe ingerir bebidas alcoólicas se o apóstolo Paulo disse que um diácono apenas não pode beber muito vinho? Há diferença entre I Timóteo 3:3 e I Tim. 3:8. Para o bispo daquela época (atual Pastor) era totalmente proibido ingerir vinho (qualquer bebida alcoólica): “...não dado a vinho…”. Já para o diácono abria pequena exceção: “…não dado a muito vinho…” Acontece que aquele mesmo Paulo garantiu taxativamente que os bêbados vão ao Inferno! 

          Então o insensato diria: eu posso beber apenas “socialmente” sem ficar bêbado. Pois é! Esse tal de “socialmente” me deixou viciado. Hoje, bebe-se um copo de bebida alcoólica, amanhã dois, três… e quando menos se der conta estará bêbado, candidato ao Inferno! Ainda bem que o Deus Espírito Santo me deu a sabedoria, coragem, força e competência para ter uma atitude de homem de bom caráter, e de real filho de Deus, arrancando a cilada do Diabo (bebidas alcoólicas) pela raiz.

          Hoje a consequência de estar bêbado pode dar cadeia e até matar em algumas situações. Vai ver que é devido ao fato de que as bebidas alcoólicas supostamente são muito sadias, úteis e “santas”… Deve ser por isto, supostamente, que nos despachos de macumba ao Diabo acendem velas e usam cachaça… Ainda é preciso lembrar que na Bíblia aparece muitas vezes a palavra vinho quando é apenas natural e saudável suco de uva em substituição de água contaminada ou na escassez de água. Provérbios 23:31-32 compara a bebida alcoólica com serpente traiçoeira. Oseias 4:11 afirma que as bebidas alcoólicas tiram a inteligência. Na certa o leitor não quer ser “picado pela cobra”, e quer continuar sendo inteligente, não é mesmo? E quererá ir ao Paraíso e posterior Céu, após a morte física, carnal.

          Todo e qualquer (mesmo para o ateu) suposto benefício: saúde, cura, milagre, suposta expulsão de demônio, dom espiritual, prosperidade, riqueza, fama, poder, etc. conseguido fora única e exclusivamente do Triúno Deus é feito pelo Diabo e seus auxiliares (por ser desobediência, idolatria e abominação contra Deus Pai), porém, na maioria das vezes, se fingindo ser atuação de Deus e de Jesus Cristo (Mateus 7:21-23; Mat. 24:24; Ap. 12:9; etc.). Com o maior inconveniente que existe: a vítima fatal vende, mesmo ingênua, involuntária e inconscientemente, a sua alma ao Diabo. É o caso típico da atuação de um “Pastor” maçom: o Diabo lhe confere poderes para operar curas, milagres, etc. e supostamente expulsar demônios, que na realidade apenas fingem que são expulsos para dar falso conceito ao pseudopastor perante as suas vítimas enganadas.

          Para que maior exemplo que os milagres do tal médium João de Deus, brasileiro de Goiás, que deveria ser chamado de João do Diabo, porque todos os seus atos são feitos pelo Diabo e seus espíritos auxiliares, enganando como se fossem de Deus. A casa onde ele opera os milagres satânicos tem o mesmo nome de um dos maiores satanistas que o mundo já teve: Inácio de Loyola, fundador da terrível seita satânica dos jesuítas, que comandam secretamente o poder político mundial, através do general dos jesuítas, o “papa negro”. Leia uma prova:  http://hypescience.com/joao-de-deus-nao-faz-milagre-nenhum-descubra-aqui-o-porque/

          É exatamente por isto que poucos seres humanos conseguem se salvar em Jesus Cristo. Para uma pessoa ser salva em Jesus Cristo não basta crer nEle: precisa obrigatoriamente andar (viver) de acordo com a orientação do Deus Espírito Santo (Romanos 8:1) obedecendo a Bíblia. Quem pratica os pecados do mundo (amigo do mundo) se torna um inimigo de Deus (Tiago 4:4). 

          Na mensagem bíblica sobre a transformação de água em vinho (João 2:1-12) a Maria já “se achou” com certa autoridade divina paralela à autoridade de Jesus Cristo, e por isto Jesus Cristo precisou repreendê-la severamente deixando claro para ela e para todo mundo que Ele não tinha e não tem nada a ver com ela: enquanto Ele é o Deus Filho (Criador e Dono do Universo), ela é apenas uma santa e simples mulher humana igual a milhões de outras mulheres santas, sem poder divino algum. Eis a transcrição do verso 4 segundo 98% das Bíblias verdadeiras em qualquer país e idioma de todo o mundo: “Disse-lhe Jesus: Mulher, que tenho Eu contigo? Ainda não é chegada a Minha hora.”  

          A única  Bíblia católica que merece algum crédito (mas falsificou anjo para anjo do Senhor, em João 5:4 e tem outras falsificações), que eu saiba, é a versão Jerusalém. Mas ela contém falsos acréscimos, como os livros apócrifos (falsos), notas de rodapé de página falsas, e outras notas de tradutores que são acréscimos falsos. Assim os líderes católicos enganam as incautas e ingênuas vítimas, que nem sequer sabem que aquilo não faz parte da Bíblia e foi acrescido nas “Bíblias” católicas por satanistas mariólatras.

          Como outro exemplo cito Lucas 2:7 onde nas “Bíblias” católicas aparece dizendo corretamente que o bebê Jesus foi o filho primogênito (primeiro dentre vários outros posteriormente) de Maria. Mas no início ou final do versículo aparece um asterisco ou alguma outra forma de advertência mandando ler nota de rodapé naquela página, em que o satanista mariólatra católico engana dizendo que o correto é unigênito; ou primogênito e unigênito ao mesmo tempo. O teste para saber se uma Bíblia em Português merece crédito é o versículo de João 2:4 onde deve dizer exatamente assim: “Disse-lhe Jesus: Mulher, que tenho Eu contigo? Ainda não é chegada a Minha hora.”  O leitor verá que em geral existem até versões protestantes e evangélicas falsas, como a NVI, Linguagem de Hoje, etc.

          Assim que o Diabo aprovou o falso título “Mãe de Deus” para Maria, no satânico Concílio de Éfeso em 431 d.C. os católicos ficaram desesperados procurando amparos bíblicos para a sua mariolatria. Como não encontravam começaram a falsificar a Bíblia, ou fazer tais acréscimos falsos. Porém durante a Idade Média e Moderna (trevas espirituais e culturais), como já contrariavam quase tudo da Bíblia, instituíram uma Lei proibindo a leitura da Bíblia. E quem tinha Bíblia era morto queimado vivo em fogueira de praça pública. O sangue dos santos inocentes mortos está clamando por justiça, contra tal satânica prostituta ICAR Babilônia, conforme o livro de Apocalipse. 

          É preciso estudar a verdadeira História da Igreja Cristã para descobrir os atos “sujos” dos imperadores romanos no comando do catolicismo mundial, por trás dos títulos de enormes blasfêmias: “Rainha do Céu” e “Mãe de Deus”, que foram criados pela satânica rainha Semaris na época da Torre de Babel na Babilônia e adaptados à Maria no satânico Concílio de Éfeso (431 d.C.) comandado pelo imperador romano Teodósio II, cujos títulos de blasfêmia, que atribuem falsamente à Maria, nada mais são que absurdas, ridículas e satânicas piadas religiosas de mau gosto. O título que Semaris criou para si (além de “Rainha do Céu“) foi “Grande Deusa Mãe” e que serviu de base para adaptá-lo à Maria com o absurdo título “Mãe de Deus“. Pois Maria é apenas mãe carnal do bebê Jesus. E Deus não tem mãe. Pelo contrário: foi o Deus Filho, Jesus Cristo, quem criou a Maria (João 1:3). Já pode uma simples criatura humana (Maria), menor que um simples anjo, ser equiparada ao Deus Criador do Universo (Deus Filho)?

          Algum ingênuo poderia argumentar: o “Papa” declarou que Maria subiu ao Céu. Mas quem são os “Papas” para terem alguma moral para desmentir a Bíblia, a Palavra do Deus Vivo? Se “Papa“: estupra sua própria filhinha criança e depois a força a ser a sua amantemata o “Papa” para ficar no cargo papal delebebe a saúde dos demôniosfura os olhos do seu padrinhosacrifica crianças ao Diabo em rituais maçônico-satânicos de missas negras; etc. Que moral tem algum “Papa” satânico, que tem títulos de blasfêmia na sua própria coroa tríplice (de três “andares”, ver História Geral), cujos três títulos dão cálculo matemático exato de 666 e um dos títulos é blasfêmia contra o Deus Espírito Santo, sem direito a perdão?

           O único ser humano até hoje que subiu ao Céu é Jesus Cristo, o Filho do Homem (João 3:13). Nem mesmo o profeta Elias subiu ao Céu, porque a palavra céu escrita no relato do seu arrebatamento corresponde apenas à região da atmosfera terrestre, região das nuvens e dos aviões. Tanto prova que Elias escreveu uma carta ao rei Jorão, aqui na Terra, em data posterior ao arrebatamento. Elias foi apenas transportado para outro local do planeta Terra, a exemplo de Filipe (Atos 8:26-40). Bilhões de mortos salvos no Triúno Deus, como: Adão, Eva, Abel, Enoque, Noé, Moisés, Davi, Elias, Daniel, João Batista, Paulo, Pedro, Maria, etc. estão no Paraíso (Lucas 23:43) à espera da futura ressurreição, quando receberão corpo celestial para poder entrar no Céu.

          Talvez a maior piada religiosa brasileira seja a suposta (inexistente), “Nossa” Senhora Aparecida. O ex-“Padre” Aníbal Pereira dos Reis era devoto da suposta santa desde criança. Já como “Padre” ficou indignado contra o descaso dos seus colegas “Padres” com a suposta santa. Quando os indagou sobre a falta de respeito com a “santa” os colegas maus caráteres debocharam dele, chamando-o de otário, e de beato fanático idiota, alegando que eles somente gostavam do “monte de gesso” moldado e pintado em forma de corpo de mulher, porque essa lenda lhes forrava de dinheiro a carteira a custa das ingênuas vítimas. 

          Para legalizar a ridícula lenda junto ao Vaticano levou muito tempo, porque os “chefes” de lá não acreditavam que o povo brasileiro fosse tão ingênuo em acreditar numa lenda. Então as várias respostas em cartas daqui do Brasil ao Vaticano respondiam que eles podiam acreditar que a lenda iria virar moda, porque o povo brasileiro era mesmo muito místico, e chegado em crendices. Quem faz os milagres é o Diabo e seus demônios auxiliares e por isto o Diabo “deita e rola fazendo a farra” em cima das vítimas fanáticas da deles Senhora Aparecida. Tudo está provado em livros do Dr. Aníbal Pereira dos Reis e livros de outros autores.

          Houve época na História em que a igreja católica discriminava: mulheres, negros e índios, comparando-os quase com animais irracionais. Diziam que eles eram gente sem alma (confundiam alma com espírito: animais não têm espírito). Os mais discriminados foram os negros, que eram proibidos de participar da catequese. À medida que as discriminações iam diminuindo os escravos negros, comprados da África, antes de serem admitidos como cristãos eram forçadamente marcados na pele nua com ferro quente em brasa na forma de cruz, como os fazendeiros marcam o gado. Recentemente, para enganar e conseguir a adesão dos incautos negros o catolicismo brasileiro inventou a suposta santa negra “Nossa” Senhora Aparecida. Porém o cúmulo da ignorância acontece com os nordestinos: chegam ao absurdo ridículo de rezar para uma estátua de galo, no Monte do Galo, em Carnaúba dos Dantas – RN. E a ICAR é cúmplice não proibindo tal reza porque ela rende fortuna em dinheiro obtido dos ignorantes cegos espirituais.

          Alerta fatal: demônios são espíritos enganadores que conhecem todo o passado e presente dos seres humanos e de tudo o que existe no Universo material, porque eles próprios viveram tal passado (milhões de anos). E por isto eles podem “chutar” o futuro baseado em análise de estatística e probabilidade (somente o Triúno Deus conhece nosso pensamento e o real futuro). Demônios são agentes espirituais satânicos usados pelo Diabo através de seres humanos como: astrólogos, magos, tarólogos, cartomantes, videntes, gurus, bruxos, “pais de santo” médiuns, xamãs, pajés, feiticeiros, curandeiros, benzedeiros, etc. para distrair e afastar os seres humanos do caminho de Deus e mantê-los presos como reféns do Diabo.

         quem pode me garantir que eles estejam falando a verdade, se demônios são traidores, espíritos enganadores, e se o próprio Diabo é o “pai” da mentira (João 8:44)? Eles ganham a credibilidade junto às incautas vítimas, porque algumas de suas profecias se cumprem, e porque eles se fingem como sendo agentes de Deus, operando: curas, milagres, etc. O maior inconveniente é que as vítimas vendem a sua alma ao Diabo, mesmo ingênua, involuntária e inconscientemente. Quando as vítimas já estiverem “enroladas na teia de aranha” os demônios podem infernizar a vida das vítimas, e fazer chantagens contra elas forçando-as a pagarem cruéis e sanguinários sacrifícios ao Diabo, como exigir a morte e o sangue de alguma criança, desenterrar e comer defuntos, etc.

          Quando uma profecia do Diabo envolve seres humanos ímpios, hereges espirituais ou satanistas, ateus, etc. enfim, pessoas não salvas no Triúno Deus, o Diabo também tem poder para fazer o cumprimento da profecia. Pois se ele não acertasse nenhuma profecia as suas vítimas não iriam dar crédito nele. E quando quer ele também fala verdades e faz revelações verdadeiras, porque precisa ganhar a confiança das vítimas. Uma vez que a vítima estiver “enrola na teia de aranha” como refém do Diabo ele passa a infernizar sua vida com terríveis chantagens, mentiras, intrigas, etc. e mortes. Quem manda dar trela ao “Capeta”!

          Os seres humanos ímpios ou hereges, que não querem consagrar as suas vidas somente ao Triúno Deus, vivem buscando falsas alternativas, satânicas, para terem saúde, bens materiais, sorte, e falsa proteção contra: inveja, olho gordo, mau olhado, feitiço, etc. Através de: rezas para Maria, santos, espíritos, guias familiares, ancestrais mortos; simpatias, amuletos, talismãs, patuás, etc. Utilizando: plantas, ervas, espelho, estampa de santo, ferradura, bagua, água benta, sabonete ungido, rosa ungida, chave da casa própria, chave do carro, sal grosso, vassoura ungida, olho de Hórus, etc.

          Você entendeu agora que as maçônicas “igrejas da indústria da fé” também são satânicas disfarçadas de evangélicas? As suas expulsões de demônios possivelmente são falsas (Mat. 7:21-23): são apenas acordos amigáveis temporários com o Diabo, porque ele não expulsa demônios. Querem ter a proteção contra as investidas de Satanás buscando ajuda exatamente do próprio Satanás. Não é mesmo “ideia de jerico”? A santa bênção e a verdadeira proteção geral somente vêm do Triúno Deus. E um real filho de Deus não se preocupa com o seu futuro: ele entrega o seu caminho ao Senhor, confia nEle, e seja o que Deus quiser (Salmo 37:5).

          Certa mulher crente evangélica ouviu queixa de uma amiga de trabalho, que é lésbica, denegrindo todas as igrejas evangélicas. Porque familiares de uma pessoa endemoninhada procuraram uma igreja evangélica falsa, da “indústria da fé”, para expulsar os demônios da vítima, e então ouviram a resposta categórica, naquela “igreja”, de que somente iriam expulsar os demônios se a vítima doasse o seu automóvel àquela “igreja” (máfia).

           O leitor concorda agora com o penúltimo parágrafo anterior? As supostas expulsões de demônios nessas “igrejas” são meros acordos amigáveis provisórios com o Diabo, para acalmar a fúria dos demônios, fingindo que são expulsos. Mas eu não tenho pena de tais vítimas, porque elas têm o direito ao livre arbítrio de procurarem reais igrejas evangélicas verdadeiras de Deus e somente “sentem coceira” por igrejas falsas. Não querem se santificar e consagrar suas vidas ao Triúno Deus. 

          Também não adianta nada uma vítima incauta orar a Deus numa reunião de pessoas dentro de terreiro de macumba, umbanda, candomblé, etc. ou uma sessão espírita (quimbanda, mesa branca, etc.), porque pela lógica o Deus não está lá, e se estiver não atende tal oração. Se tal oração for atendida é pelo Diabo e seus espíritos enganadores se fingindo ser Deus e/ou Jesus Cristo. Pois tudo isto é abominação contra Deus (Deuteronômio 18:9-14; Isaías 8:19-20; etc.) e os abomináveis vão ao Inferno (Apocalipse 21:8). Se um real filho de Deus estiver dentro de tais ambientes sem saber o Diabo não pode operar, e nenhum espírito (demônio) pode baixar nas vítimas. Se continuarem atuando é porque a vítima sem saber também é “farinha do mesmo saco”, não salva no Triúno Deus.

          Se um real filho de Deus, com sua vida consagrada no altar de Deus com jejum e oração for lá com a finalidade de desmascarar o Diabo e seus espíritos enganadores, então sim, o Triúno Deus usa poderosamente Seu servo para desmascarar os falsários. Ainda neste site será provado que seitas satânicas como espiritismos estão rebaixando, ofendendo o Deus Espírito Santo, falando contra Ele (Mateus 12:31-32) mentindo que Ele é uma simples força da natureza ou um simples poder cósmico. Com isto estão blasfemando contra o Espírito Santo sem direito a perdão. Por isto é muito difícil de salvar uma alma deles para o Triúno Deus.

          Os jesuítas retomaram o controle e poder mundial secretamente na pessoa do seu general dos jesuítas, o “papa negro“, através do Vaticano, no dia 07/08/1814. No dia 25 de dezembro de 1967, quando estava na função mundial de “Papa”, no Vaticano, o “Papa” Paulo VI, instituíram uma lei macabra: “Privilégio do Magistério”, mediante o Nono Círculo satânico. Desde aquela data, supostamente, uma pessoa só consegue se tornar o “Papa” da ICAR (como possivelmente foi com o satânico “Papa” João Paulo II), se fizer sacrifício de crianças ao Diabo através de ritual satânico de missa negra. Provas? Existem muitas. Veja uma delas: http://criancassacrificadas.blogspot.com.br/2014/11/lista-dos-satanistas-que-compoem-o-nono.html

          A pior sanguinária e satânica seita do mundo atualmente são os jesuítas. Se o leitor ler o juramento deles não terá mais dúvida. Todo o poder político mundial obedece às ordens do general dos jesuítas, que é o “papa negro”. Ele recebe tal apelido porque sempre está vestido de roupa preta. “Papas” do Vaticano, Presidentes de Nações, illuminati, maçons, etc. todos obedecem às ordens do “papa negro”. Sobre tal juramento sanguinário leia uma horripilante prova: http://criancassacrificadas.blogspot.com.br/2014/12/papa-francisco-fez-esse-juramento.html

          O “papa negro”, general dos jesuítas, é suposta e atualmente o homem mais poderoso politicamente e secretamente da Terra. Todos os “bodes” maçônicos do maior grau 33, todos os illuminati, os cardeais católicos e o próprio “Papa” do Vaticano são, supostamente, submissos ao “papa negro”. Ele é menor, supostamente, em poder político-maligno, apenas que o próprio Satanás. Mas felizmente chegará o dia em que os reais filhos de Deus irão esmagar a Satanás debaixo de seus pés (Romanos 16:20). Há vários versículos bíblicos, como Atos 2:34-35, afirmando que o Diabo será posto como “capacho” debaixo dos pés do Senhor Jesus Cristo que é o Deus Filho como prova João 5:22-23; Mateus 28:19; João 3:16; Marcos 13:32; I João 2:23 e 5:12; Tito 2:13; João 10:30; etc. Então, amigo leitor, você já pode vislumbrar o que acontecerá, no além túmulo, aos discípulos do Diabo?   

            Há pessoas tão cegas espirituais que não acreditam em Deus. Ou não acreditam em Jesus Cristo como sendo o Deus Filho. Não acreditam que o sangue do Senhor Jesus Cristo (I João 1:7; Apocalipse 1:5; Efésios 1:7; etc.) nos purifica dos pecados. E até pensam que o Diabo tem mais poder que Jesus Cristo. Por isto eu vou relatar duas situações a analisar:

          1) Há pessoas tão atribuladas por espíritos malignos (demônios ao comando do Diabo) que ficam possessas, exemplo: “pais de santo” e médiuns. Nesse estado os demônios dominam totalmente a mente, a fala e o corpo da vítima, podendo, inclusive, a vítima escrever (mesmo sendo analfabeta) mensagens demoníacas (fingidas de santas) psicografadas, e adquirir força física sobrenatural tão grande como se fossem várias pessoas atuando numa só. Já que o Diabo, supostamente, tem mais poder que Jesus Cristo, então por que qualquer real crente evangélico, fiel e santo filho de Deus, com jejum e oração, tem poder para expulsar tais demônios em nome de Jesus Cristo, pelo Seu sangue vertido na cruz? 

          2) O Diabo humilha tanto os seus discípulos que os força a desenterrarem defuntos nos cemitérios, de noite, para comerem as vísceras do defunto, e/ou para levarem parte do corpo do morto, como sua cabeça, para fazerem trabalhos espirituais em rituais satânicos. Já que o Diabo tem, supostamente, mais poder que Jesus Cristo, então por que quando se trata de corpo morto de um santo crente evangélico o próprio Satanás imediatamente se coloca na frente de tal sepultura impedindo que o corpo seja tocado pelo seu discípulo, alegando que ali ele não tem permissão de Deus para tocar? Percebe-se, com muita gratidão ao Triúno Deus, que o Diabo e seus discípulos não têm poder sequer de tocarem no corpo morto (se for para sacrifícios) de crente evangélico, santo e real filho de Deus, salvo em Cristo Jesus. Aleluia! Glória a Deus! 

          Em geral os atuais jovens brasileiros foram bitolados e enganados com terrível lavagem cerebral psicoterapêutica desde as creches públicas (década de 1990) pelo satânico socialismo, e infernal comunismo gramsciano: erotização precoce; imoralidades; liberdade sexual; incentivo ao sexo ilícito e aborto; homossexualismo; incentivo ao consumo de drogas (liberação da maconha); antipatriotismo; repúdio às Forças Armadas, caluniando-as; valorização de criminosos comunistas nacionais e internacionais; repúdio à Bíblia; valorização da satânica Psicologia; desleixo no ensino das ciências e cultura geral; incentivo à satânica teologia da libertação e ao maçônico-satânico ecumenismo; bajulação aos palestinos, e ódio contra judeus e Israel (Gên. 12:3; Rom. 11:1-2 e 11:25-31; etc.) através da falsa teologia da substituição.

          Incentivo ao nudismo, pornofonia e pornografia; repúdio à moral, ética e bons costumes; etc., obedecendo ao Diabo através de planejamento dos secretos e satânicos jesuítas, illuminati e maçons, “empurrado goela abaixo” através da ONU, UNESCO, CMI, MEC, MinC, filmes de Hollywood, novelas de televisão, baixos e altos espiritismos, etc. É uma geração de muitos “parasitas”. O Diabo, através de seus agentes, incutiu na mente desses jovens vítimas uma total inversão de valores, cumprindo profecias, como Isaías 5:20. Mas ai! dos insensatos ou pérfidos que foram usados pelo Diabo no cumprimento das profecias.

          Atualmente o maior veículo “sujo” do Diabo atingir os seres humanos é através de novelas de TV, outros programas satânicos como big brother, etc. “empurrando goela abaixo” nas vítimas o ateísmo, ou a satânica idolatriamariolatria, baixos e altos espiritismos (exemplos: atuação de espíritos e guias familiares que nada mais são que demônios; falsa possibilidade de regressão em suposta vida passada e falsa possibilidade de existência de vida passada; falsa possibilidade de reencarnação em outro corpo; falsa possibilidade de comunicação entre vivos e mortos; etc.) que são casos comprovados de atuação de espíritos enganadores ao comando do Diabo (um psicólogo, psicoterapeuta, etc. somente consegue fazer a sua vítima obter uma suposta regressão em vida passada depois de hipnotizá-la com a ajuda de demônios, pois hipnotismo é clara atuação do Diabo).

          Promovendo a degradação sexual, moral, ética, intelectual, etc. da Humanidade. Criando “zumbis” de mentes aprisionadas e controladas. O leitor entendeu agora que a Psicologia (em seus vários ramos) e os satânicos espiritismos andam de mãos dadas? A Psicologia e seus ramos seguem teorias ditadas por espíritos enganadores, como prova meu livro, respaldado por fontes escritas internacionais. Um real filho de Deus pouca coisa aproveita de tais teorias. O real Psicólogo de um servo de Deus deve ser o Senhor Jesus Cristo. Os profissionais da Psicologia, Psicanálise, Psicoterapia, Psiquiatria, etc. precisam transformar as teorias ditadas pelos espíritos enganadores, ou seja, precisam transformar a maldição do Diabo em bênção de Deus, usando tais profissões a serviço do Triúno Deus. Por isto é imprescindível e urgente a leitura completa do meu recente livro: A Atuação do Espírito Santo.

          Meu outro livro: A Besta e a Babilônia Apocalípticas  já me valeu quatro homenagens a nível federal e internacional. Foi embasado na minha Monografia final do curso superior de Bacharel em Teologia (4 anos) onde obtive a nota final máxima 10, por avaliação de banca examinadora composta de vários teólogos. Os dois livros podem ser comprados, aqui em Campo Grande – MS, na livraria Betel Center (Av. Calógeras nº 2093, próximo da Av. Afonso Pena). Ou através dos telefones: (67) 3028-7923 e (67) 9.9991-2184 (da operadora Claro). Ou ainda pelos e-mails: [email protected]  e [email protected]

          Nos primeiros dias da edição de um meu blog (já desativado) eu imprimia os e-mails de agradecimentos recebidos, como prova escrita. Um e-mail dizia assim: “Pastor Lauro, até ontem à noite eu ainda era um perdido católico romano. Passei a noite toda lendo seu blog, e agora já são sete horas da manhã, e tenho que me preparar para ir ao trabalho. Agora, graças ao seu blog eu sou um filho do Rei, salvo em Cristo“. Quando eu me lembro de e-mails como este eu exulto no Espírito Santo e dos meus olhos saem lágrimas por gratidão em sincero agradecimento ao Senhor Jesus Cristo. 

          Este tópico deste site se baseia no livro de Apocalipse, que contém muitas simbologias e poucas identificações e definições. Mas ele nos fornece pistas para que possamos identificar e definir: eventos, personagens, locais, cálculos de períodos, etc. Jesus Cristo disse, durante seu ministério terreno, que ninguém (exceto Deus Pai) sabia dia e hora (Mateus 24:36) de eventos finais.

          Mas a Bíblia cita períodos de tempos que Deus mandou-nos calcular. As restrições que encontrei na Bíblia são quanto a cálculos de dia hora de eventos finais, e não quanto ao ano. Todavia tais cálculos de períodos devem obedecer, em primeiro lugar à própria Bíbliae em segundo lugar à cronologia da Ciência. Jeremias 3:15 tem afirmação do próprio Deus: E vos darei Pastores segundo o Meu coração, que vos apascentem com Ciência e com inteligência.”

          E tais cálculos de períodos de tempo ainda devem ser entendidos apenas como alguma probabilidade, servindo apenas de alerta para a santificação, e jamais como uma afirmação irredutível e incontestável, como fazem os enganadores. Por exemplo, o ano de 774 d.C teve muitíssima importância para a Humanidade: foi arrancado o último dos três chifres (Daniel 7:8) enquanto nascia o 11º chifre, e que é o mesmo 8º rei de Apocalipse 17:11. E se cumpriram várias outras profecias naquele ano. 

          Segundo a Internet existem muitos pseudopastores maçons que odeiam o livro de Apocalipse, alegando: Apocalipse poderia infundir fobias e afugentar os membros ricos da sua igreja”. Alguns exegetas “cristãos” que tentam definir algo de Apocalipse ainda enganam a Humanidade desobedecendo à cronologia da História Geral, História da Igreja Cristã, Geografia, Lógica Matemática, e simples interpretação de texto (ciência Português), não atentando nem mesmo para tempo de conjugação de verbos, sendo uma total decepção. O pior é que muitos desses hereges ainda interpretam a Bíblia de modo alegórico, a seu bel-prazer, atendendo às suas particulares conveniências maçônicas.

          O original grego traz em II Tessalonicenses 2:3 a palavra grega apostasia. Acontece que a tradução correta em Português não é apostasia (sinônimo de rebelião), como todas as Bíblias portuguesas atuais falsamente trazem. A tradução correta é partida (da Igreja no Arrebatamento) em lugar da palavra indevida apostasia. Assim como oficina em Espanhol não é oficina em Português. Eis a tradução correta do verso 3 do original: Ninguém de maneira alguma vos engane, porque não será assim sem que antes venha a partida, e se manifeste o homem do pecado, o filho da perdição;“ (Fonte: revista internacional Chamada da Meia-Noite, setembro/2014, páginas 12 a 14).

          O Anticristo somente terá permissão para se apresentar em público logo em seguida à secreta partida da Igreja de Cristo prudente, e do Espírito Santo que agora ainda detém o aparecimento do iníquo. Aliás, como poderia o Espírito Santo ser tirado da Terra (II Tes. 2:7-8) se a Igreja de Jesus Cristo prudente continuasse aqui na Terra? Eis mais um absurdo de mid-tribulacionistas e pós-tribulacionistas; de amilenistas e pós-milenistas. Por isto, Igreja de Cristo, tenha bom ânimo e santifique-se a Deus, porque as “virgens prudentes” serão arrebatadas ao Céu antes da primeira fase (3 e ½ anos) da Tribulação. A única teologia correta é a do Pré-Tribulacionismo Parcial (metade da Igreja). Mas, amigo leitor, muitos “Pastores” e demais líderes de igrejas atualmente são satânicos maçons, como prova a Internet. E para eles, quanto mais heresia melhor fica. Por isto eles interpretam a escatologia bíblica alegoricamente, a bel-prazer da satânica maçonaria.

          As “virgens néscias” também estarão (futuro) salvas em Cristo, porque também pertencerão ao reino dos céus (Mat. 25:1). Porém ficarão para trás no Arrebatamento da Igreja prudente devendo pagar um preço pela sua negligência. A única teologia correta é a de que as “dez virgens” representam a Igreja de Cristo, a “Noiva do Cordeiro”. Meu livro prova a incoerência e absurdo de qualquer outra hipótese.

          Arrebatamento da Igreja de Cristo prudente se dará na plenitude dos gentios conforme Mateus 24:14Romanos 11:25-26 (onde Paulo ainda nos alerta para não sermos ignorantes: “Porque não quero, irmãos, que ignoreis …“), etc. Aliás, como poderiam os santos voltarem do Céu com Jesus Cristo (Zacarias 14:5; Judas 14; etc.) se antes não tiverem ido para  lá através do Arrebatamento da Igreja? Não tem como contestar: Jesus Cristo ainda virá duas vezes à Terra. A 1ª volta (2ª vinda, porque já veio uma vez) será secreta somente até os ares para receber do Espírito Santo a Igreja, no Arrebatamento. Na 2ª volta (3ª vinda) todos, santos e ímpios, O verão no final da Grande Tribulação, para a Batalha do Armagedom, eventos finais e instauração (e Governo) do Milênio.

          Para a identificação da besta (não da Babilônia) me ajudaram um pouco fontes escritas por sabatistas. Mas infelizmente eles são hereges, porque a guarda do sábado foi abolida conforme profecia de Oséias 2:11, cumprida em Colossenses 2:16. Qualquer pessoa inteligente poderia ter deduzido que Oséias 2:11 deveria se cumprir por ser profecia bíblica. Talvez eles aleguem que Paulo apenas deixou liberdade para quem não quiser guardar o sábado. Será que é simples assim? Por exemplo, em Isaías 1:13-14 a guarda do sábado já estava causando abominação contra Deus e em Ap. 21:8 afirma que os abomináveis não entrarão no Céu. Com a morte e ressurreição de Cristo ele cravou na cruz todas as leis e ordenanças do Velho Testamento e hoje devemos descansar do trabalho semanal, nos dedicando ao Trúno Deus e à nossa família no dia do Senhor, que é o domingo (Ap. 1:10).

          Assim como o Deus Espírito Santo foi derramado na Terra no dia do Pentecostes, para o início da Igreja de Cristo, também futuramente, no Arrebatamento da Igreja, voltará ao Céu junto da Igreja, para entregar a “Noiva” ao seu “Cordeiro”. Mas dizer que o Espírito Santo seguirá a Igreja junto ao Céu no Arrebatamento também não quer dizer que Ele será removido por completo do planeta Terra. Isto seria absurdo! Pois o Deus Espírito Santo está em todo o Universo como Onisciente, Onipotente e Onipresente, em todo e qualquer lugar onde Ele quiser, se Ele quiser, quando Ele quiser, desde a fundação do Universo.

          A primeira fase da Tribulação será de: 1) Substituição da atual besta do mar pela besta da terra (Anticristo); 2) A Nação Israel será forçada a assinar acordo de paz mundial aceitando o Anticristo (de DNA judeu) como suposto Messias; 3) Início de falsa paz (somente os ímpios terão suposta paz, porque “as virgens néscias” terão Inferno na Terra, sem poder comprar e vender); 4) Atuação das duas testemunhas; 5) Construção do 3º templo de Jerusalém com a volta dos sacrifícios de animais e oferta de manjares (somente nesta primeira fase da Tribulação, durante ecumenismo global com todas as religiões de comum acordo, sob comando do falso profeta, possivelmente líder islamita).

          A segunda fase (também de 3 e ½ anos) terá início com os judeus descobrindo que foram enganados, após a morte e ressurreição das duas testemunhas, ocorrência de um grande terremoto, e o Anticristo cessar o sacrifício no 3º templo de Jerusalém (Mateus 24:15; Daniel 9:27; etc.) e se declarar como sendo o suposto único “Deus” do Universo, iniciando-se a Grande Tribulação (Mateus 24:21; Ap. 7:14; etc.) com Guerra Nuclear (as profundas transformações geográficas no planeta Terra somente se justificam devido Guerra Atômica) terminando na Batalha do Armagedom. Em seguida terá início o Milênio no reinado de Jesus Cristo como Filho do Homem, descendente do rei Davi, restaurando o Governo Teocrático onde Adão falhou.

          Segundo a parábola do semeador (Mateus 13:1-9) e da instrução sobre a porta estreita (Mateus 7:13-14) no máximo 25% da Humanidade consciente se salvará até o término da primeira fase da Tribulação. Durante a Grande Tribulação (2ª fase da Tribulação), com Guerra Nuclear, muitas pessoas do mundo todo finalmente vão se conscientizar que sem o Triúno Deus irão ao eterno Inferno. E então haverá milhões ou bilhões de salvações de almas humanas em Cristo no mundo todo, uma grande multidão que ninguém poderá contar (Apocalipse 7:9-17), principalmente de judeus (e seus descendentes), que finalmente vão se conscientizar de que Jesus Cristo é o Messias que rejeitavam. Lógico: com 144.000 evangelistas especiais (primícias) só poderá haver multidão incontável de almas salvas em Cristo, no Triúno Deus. 

          A besta 666 serve de “mula de carga” para a prostituta Babilônia. E o próprio Deus Pai nos adverte contra a Babilônia em Apocalipse 18:4 dizendo: “E ouvi outra voz do Céu que dizia: Sai dela, povo Meu, para que não sejas participante dos seus pecados, e para que não incorras nas suas pragas.” As palavras “povo Meu”  não se referem aos ímpios e sim à própria Igreja de Cristo, a “Noiva do Cordeiro”. Você pode estar salvo em Cristo como “uma virgem néscia” e ao mesmo tempo ser cúmplice da Babilônia, sujeitando-se a ficar para trás no Arrebatamento da Igreja prudente, e depois sofrer as mesmas pragas que a Babilônia.  É imprescindível ler meu livro para aprender a não ser nem sequer cúmplice da Babilônia.

          Milhões de pessoas estão enganadas imaginando falsamente que os 10 reis (pontas, chifres) de Daniel 7:7 e os 10 reis de Apocalipse 17:12 ainda não existiram, que serão reis do futuro. Como os livros da Bíblia não se contradizem sabemos que Daniel e Apocalipse se complementam. Neste site será provado o absurdo das ideias de tais pessoas. Pois o 11º rei (ponta) de Daniel 7:8 é o mesmo 8º rei de Apocalipse 17:11. O 11º chifre do livro de Daniel é o Império Romano redivivo que corresponde aos 7º e 8º reis de Apocalipse, que por sua vez formam a 7ª cabeça, o Sacro Império Romano-Germânico, do grande monstro de sete cabeças.  

          A palavra Sacro garante a existência do 8º rei espiritual, sagrado. Assim tais pessoas enganadas estão “num beco sem saída”: se quiserem sustentar a falsa ideia de que os 10 reis ainda não existiram terão de provar obrigatoriamente também que o correspondente Sacro Império Romano-Germânico ainda não existiu. 

          Pela História Geral e pela Bíblia o Império Romano redivivo (11º rei, chifre do 4º animal) do livro de Daniel; e os seus correspondentes 7º e 8º reis (Sacro Império Romano-Germânico) de Apocalipse tiveram início durante a Páscoa do ano de 774 d.C. Estão existindo até hoje, ininterruptamente, (apenas o 7º rei recebeu ferida mortal em 1798, mas que foi curada em 1929), e somente vão acabar com a futura Batalha do Armagedom, após Guerra Nuclear. Tudo será devidamente provado neste site, porém de maneira bem resumida. É indispensável e imprescindível ler todo o meu livro para “livrar a sua própria pele”. 

          Lamentavelmente, devido muitas sociedades secretas satânicas, e demais seitas heréticas, muitos falsos teólogos desprezam o livro de Apocalipse. Ele foi revelado pelo próprio Deus Pai ao Deus Filho (Ap. 1:1), que por Sua vez Se utilizou de um anjo, servo Seu, para transmitir o livro a nós, seres humanos, por intermédio do apóstolo João. E logicamente em João atuou o Deus Espírito Santo. Portanto, envolveu todo o Triúno Deus, mais um anjo e mais a João, sendo o livro mais importante de toda a Bíblia e de toda a História da Humanidade. Os hereges odeiam o livro porque ele denuncia seus pecados e os condena ao Inferno. 

          Ap. 17:11 diz: E a besta que era e já não é, é ela também o oitavo, e é dos sete, e vai à perdição. Deve ficar gravado na mente do leitor que a famosa besta do Apocalipse é o tal 8º rei. Em segundo lugar quero apelar para a sabedoria do leitor: pergunto se acaso conhece, em toda a História humana, alguma máquina como computador, algum sistema como televisão ou Internet, alguma mulher, etc. que seja rei (se fosse mulher seria rainha). Portanto o 8º rei (a satânica besta do Apocalipse no comando da meretriz Babilônia) é um império mundial: povos,  multidões, nações e línguas (Ap. 17:15) comandado por homens (do sexo masculino) como está claro em Ap. 13:18, isto é, na realidade besta apocalíptica é cada um dos vários homens que comanda, por sua vez, o tal oitavo império mundial. Somente um real, carnal, homem é que pode ser rei no planeta Terra. 

          E sobre a Babilônia, ela teve uma fase de vida real, normal como capital do Império Babilônico até 323 a.C quando foi extinta, e a partir de 323 a.C tem outra fase como sendo a Babilônia Apocalíptica. É preciso antecipar ao leitor que na segunda fase ela jamais poderá ser confundida com a extinta real cidade de Babilônia física da antiguidade, capital do Império Babilônico. Deixa-me muito triste e indignado deparar com revistas internacionais defendendo a absurda ideia de suposta reconstrução daquela extinta cidade. Mesmo que tal extinta cidade viesse a ser reconstruída,  contrariando vários textos bíblicos (exemplo: Isaías 13:20; Jeremias 51:26, etc.), jamais seria a Babilônia Apocalíptica, figurada, simbólica, mística. 

          Os hereges são tão ridículos que nem sequer sabem fazer interpretação de leitura: Apocalipse garante que no ano 96 d.C. a Babilônia simbólica, mística, apocalíptica, estava existindo normalmente (Ap. 17:18). A Babilônia real, capital do Império Babilônico foi extinta antes de Cristo e para os hereges após aquele ano deixou de existir Babilônia. Para eles, supostamente hoje não existe Babilônia e somente voltará a existir na futura reconstrução.

          No meu livro provei, pela Bíblia, História Geral e História da Igreja Cristã que o livro de Apocalipse foi escrito no ano 96 d.C. (depois de Cristo), transição entre os imperadores romanos Domiciano (uma das bestas que “era“), talvez até o capítulo 16,  e o imperador Nerva (“e já não é“), a partir do capítulo 17 inclusive e obrigatoriamente, e que foi um imperador muito benéfico  aos cristãos (santo em comparação com os demais). Ler Ap. 17:8 e História Geral. Pesquise na Internet digitando: Império Romano: Marcus Cocceius Nerva Marco Cocio. Deus, que é Justo, jamais iria chamar um imperador santo de besta. Exatamente por isso, quando o capítulo 17 foi escrito não existia a besta. Aliás, isto foi uma informação inédita minha ao mundo. Ou acaso o leitor leu isto anteriormente em outro livro?

          Convido o leitor a fazer a interpretação do texto de Apocalipse 17:18 sobre a Babilônia: E a mulher que viste é a grande cidade que reina sobre os reis da terra.” Tanto o verbo ser (é) como o verbo reinar (reina) estão conjugados no presente do indicativo. Assim está claro que a Babilônia espiritual do mal, apenas simbólica, figurativa, apocalíptica, tem sede mundial numa grande  cidade que estava existindo e comandando o mundo todo no ano 96 d.C. enquanto que a real Babilônia física, capital do Império Babilônico, foi extinta com Alexandre Magno em 323 a.C. (antes de Cristo). Portanto, sem chance de contestação, a sede mundial da satânica Babilônia simbólica, figurada, apocalíptica, em 96 d.C. (ano da escrita do Apocalipse) era a cidade de Roma. Continuou sendo ininterruptamente, e somente vai acabar na futura Batalha do Armagedom. 

          Porém a maior prova do cúmulo de absurdo na hipótese de ser a real extinta cidade de Babilônia supostamente a ser reconstruída está em Apocalipse 17:9 onde diz que a simbólica, figurada cidade Babilônia apocalíptica está construída (assentada) sobre 7 (sete) montes. Enquanto que a extinta cidade de Babilônia real nunca teve e nunca teria nada a ver com sete montes, já a cidade de Roma se orgulha de ser a idolatrada (adorada) e famosa “Cidade das Sete Colinas“. A própria cidade de Roma, desde antes de Cristo, sempre foi adorada como se fosse uma deusa. Veremos que hoje Babilônia apocalíptica não é somente Roma, mas todo um esquema satânico que domina o mundo todo. Mas a sede da Babilônia, a prostituta chefona cafetina, é a cidade de Roma. 

          Já ouvi alegações de internautas argumentando que o Vaticano não está construído sobre sete montes. Isto tem fundamento: porque em todo o planeta Terra onde hoje tiver uma propriedade da ICAR (Igreja Católica Apostólica Romana), lá está o comando do Vaticano. Mas a sede da Babilônia é toda a cidade de Roma, capital da Itália. Se juntarmos todas as terras da ICAR (comandadas pelo Vaticano) no mundo dá um território contínuo maior que todo o Brasil. Também alegam que a cidade de Roma hoje está construída sobre muito mais que sete montes. Isto também não me interessa: o que conta é que na época do apóstolo João a cidade de Roma era famosa no mundo todo como sendo a idolatrada Cidade das Sete Colinas. 

          Como podem ter “teólogos” ridículos defendendo a herética e absurda ideia de que a nação EUA seja a Babilônia! Na prática a Babilônia está em todo planeta Terra e se trata de uma prostituta igreja apóstata, tendo como cafetina, como chefona das prostitutas, a ICAR. Integram a Babilônia: jesuítas, católicos, illuminati, maçons, cavaleiros de malta e demais sociedades secretas; baixos e altos espiritismos, islamismo, budismo, testemunhas de Jeová, mórmons, seicho-no-iê, nova era, igreja messiânica, igreja do Rev. Moon, falsas igreja evangélicas da “indústria da fé”, etc. Enfim, todas as heresias religiosas mundiais. 

          Então alguém diria: que tem a ver o islamismo com a ICAR? Tudo a ver. Maomé foi criado por uma devota mariólatra católica que lhe influenciou na escrita do Alcorão. Islamitas desprezam Jesus Cristo enquanto adoram Maria como uma suposta deusa. Os futuros dois chifres da besta da terra em Ap. 13:11 serão a ICAR e o islamismo: a ICAR terá o Anticristo (besta da terra) enquanto que o islamismo terá o falso profeta

          Eis o ridículo absurdo de ser EUA a Babilônia: 1) EUA é um país (e não cidade); 2) não tem e nunca teve nada a ver com sete montes (colinas); 3) não existia no ano 96 d.C. Até hoje sempre a nação EUA foi usada por Deus contra as investidas do Diabo no planeta Terra. Se não fosse EUA o mundo há séculos seria muçulmano ou comunista no comando total do Diabo. Outra ideia ridícula é a de ser Jerusalém a Babilônia apocalíptica. No ano 96 d.C. Jerusalém não existia: foi destruída em 70 d.C. Existem mais provas contra a ideia de ser Jerusalém a Babilônia, por exemplo, Jerusalém nunca comandou o Império Romano, etc. Mas não vou mais usar tempo com o assunto. 

          Deixa-me muito indignado deparar com alguns comentaristas bíblicos escrevendo apenas sobre a besta apocalíptica sem comentar também sobre a sua associada, atrelada Babilônia apocalíptica, e vice-versa, comentando somente a Babilônia sem comentar a besta. Não tem como separar besta de Babilônia e vice-versa, por força de Apocalipse 17:3 que diz: “E levou-me em espírito a um deserto, e vi uma mulher (Babilônia) assentada sobre uma besta de cor de escarlata, que estava cheia de nomes de blasfêmia, e tinha sete cabeças e dez chifres”. (Parênteses meu). Portanto, a besta é um grande monstro de sete cabeças com dez chifres, cheia de nomes de blasfêmia contra Deus, na função de mula de carga, carregando nas suas costas a prostituta Babilônia. 

          As igrejas cristãs primitivas, puras, santas, originais de Cristo e dos apóstolos, inicialmente sofriam muita perseguição mundial por serem todas clandestinas, estranhas ao Império Romano, supostamente nocivas, e odiadas pelo Império, e por isto tinham que se reunir em locais secretos, e exatamente por isto também eram todas independentes entre si. Apenas no ano de 156 d.C. (quando os cristãos aumentaram muito em quantidade e a perseguição diminuiu) surgiu a ideia de se fazer uma associação de igrejas cristãs (quando o apóstolo Pedro já havia morrido há quase um século e sendo que Pedro nem sequer nunca pastoreou em Roma).

          Somente no ano de 381 d.C. foi oficializado o nome católica de tal associação, pelo decreto Cvnctvs Popvlos (transliterado em português como Cunctus Populós), no Concílio de Constantinopla, comandado pelo imperador romano Teodósio I. E o famoso título “Mãe de Deus” (um absurdo porque Deus não tem mãe e porque o próprio Jesus não chamava Maria de mãe; só chamava Maria de mulher ou pelo nome Maria) só foi criado em 431 d.C. no satânico Concílio de Éfeso, comandado pelo imperador romano Teodósio II.

          Existem historiadores afirmando que o real catolicismo romano somente teve início efetivo a partir do ano 325 d.C. através da oficialização da satânica união entre Igreja e Estado, quando o imperador romano Constantino convocou e dirigiu o primeiro Concílio de Nicéia. Mas a ICAR transformou-se numa “prostituta depravada” no Concílio de Éfeso, em 431 d.C., onde muito influenciaram as ideias heréticas do bispo Agostinho. 

          Já bem antes desses dois Concílios, com o mesmo imperador romano Constantino (313 d.C.), a associação dessas igrejas começou a se unir ao Estado, tornando-se uma instituição imperial, mundial, governamental, sob o comando do próprio imperador Constantino, que nem sequer estava batizado no cristianismo (só foi batizado perto dos dias de morrer) e por isto todo mundo, a maioria de pagãos politeístas, idólatras, ímpios, ateus, satanistas, foi obrigado a aderir à tal associação católica de igrejas em obediência ao imperador (quem desobedecesse podia ser morto, com maior rigor a partir de 391 d.C.).

          Somente conseguiram forçar o corpo dos idólatras, satanistas, a ir nessas “igrejas” católicas, porque a mente deles continuava adorando o Diabo e inclusive levando suas imagens de escultura idólatras, satânicas, para dentro dessas “igrejas”. Portanto, quando os dois Concílios citados acima foram feitos Satanás já tinha tomado conta da situação: não existia mais oficialmente a Igreja Cristã pura, primitiva, original de Cristo e dos apóstolos, exceto clandestinamente, fora da lei do Império (porém exatamente dentro da Lei de Deus) por intermédio de raras igrejas cristãs fiéis a Cristo, puras, incontaminadas, que se negaram a fazer parte da associação católica, continuando independentes.

          Dentre as muitas imagens de escultura idólatras, satânicas, que os ímpios politeístas (supostos “cristãos”) levavam para dentro dessas “igrejas”, da tal associação católica, existia a imagem da “Rainha do Céu” que já havia levado ao Inferno muitos povos antigos, inclusive judeus (Jeremias 7:18 e 44:15-30; Ezequiel 22:4; etc.). O blasfemo título “Mãe de Deus” está exatamente associado com a satânica “Rainha do Céu“. São títulos criados pela satânica rainha Semaris, quando ela inventou a idolatria na época da Torre de Babel (Babilônia). Exatamente por causa de o profeta Jeremias combater tal idolatria satânica o mataram no Egito.

          Geralmente os acontecimentos do mundo têm uma lógica por trás deles: a satânica “Rainha do Céu” é a mesma imagem que desceu de Júpiter“, isto é, a satânica deusa Diana dos Efésios (Ártemis para os gregos) conforme Atos 19:35. Agora ficou bem fácil de entender porque exatamente no satânico Concílio de Éfeso, em 431 d.C. foi criado o blasfemo título “Mãe de Deus”. Foi exatamente essa idolatria satânica da deusa Diana (Ártemis) que o apóstolo Paulo combateu no seu tempo. Leia todo o contexto em Atos 19:23-41. Assim como mataram: Isaías, Jeremias, e tantos outros profetas que combatiam a idolatria, também mataram Paulo.

          Um (dentre dezenas de outras blasfêmias) título que todo e qualquer “Papa” tem é VICARIVS FILII DEI, que pela definição dos próprios “teólogos” católicos (documento escrito como prova) quer dizer: “Substituto do Filho de Deus”, que além de ser absurdo é blasfêmia contra o Espírito Santo, sem direito a perdão. Absurdo porque não existe substituto de Jesus Cristo, e blasfêmia contra o Espírito Santo (indiretamente) porque quer usurpar do Espírito Santo uma função única e exclusiva dEle. Pois único sucessor de Cristo é o Deus Espírito Santo (João 14:26). 

          E tal título da besta apocalíptica dá cálculo matemático exato de 666No latim clássico usado pelo clero católico não existe a letra U e no lugar dela usam V (=5). Não tem J e no seu lugar usam I (=1). O leitor já pensou na gravidade de pecado de ser cúmplice de uma besta que blasfema contra o Espírito Santo sem direito a perdão? 

           Através de Lucas 1:35 temos que o Deus Espírito Santo é Onipotente, como sendo Deus Todo Poderoso. O “papa” Leão XIII (1878-1903) chegou ao cúmulo da arrogância de se intitular como “Deus Todo Poderoso“. Portanto, se colocando no lugar do Espírito Santo. Com este título todo “Papa” está blasfemando contra o Espírito Santo, sem direito a perdão. 

          As igrejas primitivas fiéis à Bíblia, que se mantinham independentes, puras, originais, geralmente eram apelidadas, pelos próprios católicos, de anabatistas (vem do grego rebatizar) e praticamente foram exterminadas. Os raros fiéis remanescentes, ao longo da História, deram origem, segundo alguns historiadores, aos atuais batistas. Por exemplo, o autor Earle E. Cairns, em seu livro: O Cristianismo Através dos Séculos, página 248, afirma que: Os anabatistas são os ancestrais diretos das igrejas menonitas e batistas hoje espalhadas pelo mundo.” Assim como Deus nunca deixou faltar descendentes a Davi e remanescentes a Judá Deus também sempre deixou alguns remanescentes anabatistas, por amor a eles, por eles defenderem a pura Bíblia, o real Evangelho, de visão pacifista (de não violência). 

          Voltando a Apocalipse 17:9-11 temos que o mundo iria ser governado por 7 impérios mundiais (sete cabeças do grande monstro) no total. Também diz que 5 (cinco) deles já tinham caído no ano 96 d.C. quando foi escrito o Apocalipse, que foram: EgitoAssíriaBabilônia,  Média-Pérsia e Macedônia (Grécia). O 6º rei (império mundial) estava existindo em 96 d.C. e que foi o Império Romano. E o 7º império mundial ainda seria algo do futuro de então. E afirma taxativamente que dentro dos sete reis (impérios) iria nascer um 8º rei. Isto somente tem uma única, exclusiva e obrigatória solução do ponto de vista da História Geral: o 8º rei seria o mesmo 7º rei cumulativamente (ao mesmo tempo). Um só homem de cada vez iria comandar ao mesmo tempo as duas funções: 7º e 8º reis do 7º império mundial, cumulativamente. 

          Ap. 17:11 diz: “E a besta que era e já não é, é ela também o oitavo, e é dos sete, e vai à perdição.” Está claro que a besta do mar já existia (era) mesmo antes de ser escrito o livro de Apocalipse. Também Ap. 17:10 diz sobre as sete cabeças da besta: “E são também sete reis: cinco já caíram, e um existe; outro ainda não é vindo ...” Está claro que cinco reis (cabeças, impérios mundiais) já eram coisa do passado em 96 d.C. Que o 6º rei (Império Romano) estava existindo no ano 96 d.C. (têm hereges tão ridículos que substituem o ano 96 d.C. pelo ano de 1978!), e que o 7º rei, império mundial (Sacro Império Romano-Germânico) ainda seria algo para o futuro de então.

          Se os livros de Apocalipse e de Daniel supostamente se contradizem então podemos jogar no lixo toda a Bíblia. Felizmente, como eles se complementam os 8 (oito) reis citados em Apocalipse são única, exclusiva e obrigatoriamente impérios mundiais, já descritos em Daniel. Têm hereges ferrenhos impondo suas ideias de que o 8º rei vai ser exclusivamente o “Papa” João Paulo II ressuscitado, alegando que o 1º rei começou em 1929 e que João Paulo II foi o 6º rei em 1978.

          Por tal ideia absurda e muito ridícula mesmo o atual “Papa” Franscisco I é o último “Papa” como sendo o 7º último imperador, e o livro de Apocalipse foi, supostamente, escrito no ano de 1978 quando supostamente existia o 6º rei! É um caso típico de teólogos incompetentes que não sabem nem sequer fazer interpretação de leitura: Apocalipse 17:10 se refere ao ano 96 d.C. daquela época em que o Apocalipse foi revelado e escrito. E o 6º rei foi o Império Romano do ano 96 d.C. 

          Estudando-se as profecias de Daniel interpretadas pelo gênio Sir Isaac NEWTON (um teólogo protestante e talvez o maior cientista de todos os tempos em muitas áreas, principalmente nas ciências Física e Matemática) sobre os 10 chifres (povos, reinos menores) do 4º animal, que surgiriam com a futura queda de então, do Império Romano do Ocidente, isto realmente ocorreu no ano de 476 d.C. com apenas 10 povos bárbaros. Porque existiram povos bárbaros fora do Império Romano do Ocidente. E ainda existiram outros povos bárbaros dentro desse Império, mas não eram reinos.

          A profecia diz que dentre desses 10 chifres (reinos menores), ainda mais no futuro de então, seriam arrancados 3 deles enquanto nasceria um 11º chifre, cujas profecias já se cumpriram exata e integralmente no ano 774 d.C. Percebemos que o tal 11º chifre do 4º animal, de Daniel 7:7-8, é o mesmo 8º rei espiritual (besta) de Ap. 17:11, conforme previu o rei franco-romano Carlos Magno, em remorso, minutos antes de morrer. Confira no meu livro: A Besta e a Babilônia Apocalípticas

          Na visão do livro de Daniel só existiram 4 (quatro) impérios mundiais que são os quatro “animais” descritos em Daniel: Babilônico, Medo-PersaMacedônico (Grego), e RomanoPara a História Geral todos estes quatro impérios são do passado, mas para a Bíblia o Império Romano (redivivo) continua existindo hoje e só findará na Batalha do Armagedom. Daniel omite os impérios: EgitoAssíria e Sacro Império Romano-Germânico, que pela História Geral e o livro de Apocalipse também foram impérios. Já na visão de Apocalipse existiram 7 (sete) impérios mundiais e agora ainda existem o 7º rei político, e o 8º rei espiritualporque o livro de Apocalipse tem visão geral de impérios mundiais prejudiciais à nação Israel e à verdadeira Igreja de Jesus Cristo. Para a História Geral o Sacro Império Romano-Germânico é do passado, mas para a Bíblia ele continua existindo hoje, e só findará com a Batalha do Armagedom. 

          7º império mundial que a História Geral registra foi o Sacro Império Romano-Germânico sob comando geral dos “Papas” de Roma, e que teve início efetivo em abril de 774 d.C. com o “Papa” Adriano I, conforme o escritor italiano Taglialatela descrito no meu livro. Alguns historiadores defendem o início oficial desse império como sendo no ano 962, porém a origem do império é do ano 774, quando Carlos Magno confirmou ao “Papa” a doação dos territórios dos hérulosostrogodos e lombardos (os famosos três chifres que iriam cair para nascer o 11º), conferindo ao “papado” o poder político sobre tais Estados Pontifícios. 

          Foi exatamente o “Papa” Adriano I, a besta apocalíptica do mar na modalidade que continua (Ap. 13:5) após séculos de trégua desde 305 d.C., e que emergiu do abismo, que no ano de 787 d.C., durante o segundo Concílio de Niceia, oficializou o culto às imagens de escultura religiosas e o culto à Maria, o máximo das idolatrias contra Deus Pai. Esse decreto de Adriano foi o cumprimento da profecia de Daniel 7:25 quanto ao “mudar a lei”. Desde o ano 787  a igreja católica se tornou clara e oficialmente satânica. O “Papa” Adriano I foi o primeiro dos 8º reis apocalípticos da História. Desde o ano 774 todo e qualquer “Papa” da ICAR é o 8º rei apocalíptico, ininterruptamente, e somente vai findar na futura Batalha do Armagedom.

          Apocalipse 17:16-17 começou a se cumprir em 774 d.C. com a ICAR e com o “papado”, como sendo o 11º corno do 4º animal, reinando no lugar dos dez povos bárbaros originais, que deram seus poderes ao “Papa”. E só findará na futura Batalha do Armagedom. O papado criou para si o título “Papa-Rei de Roma” como sendo LATINVS REX SACERDOS (Rei e Sacerdote Latino) cujo título dá cálculo matemático de 666 (usando a única numeração oficial romana, como prova a Enciclopédia Barsa): L=50, I=1, V=5, X=10, C=100, D=500. Total 666. A besta de Ap. 13:18.

          Cumprindo Ap. 13:1 e 17:3 os “Papas” têm exatamente na sua cabeça, ou seja, na própria coroa de três “andares” os títulos de blasfêmia: DVX CLERI” (blasfêmia contra o Deus Filho), “VICARIVS FILII DEI” (blasfêmia indireta contra o Deus Espírito Santo, sem direito a perdão), e VICARIVS GENERALIS DEI IN TERRIS” (blasfêmia contra o Deus Pai)  que todos dão cálculo 666. E os “papas” ainda têm outros títulos de blasfêmia que dão cálculo matemático 666, o famoso número da besta.

           Em Ap. 13:3 diz que foi visto uma das sete (mas não o 8º rei) cabeças ferida de morte, mas que tal ferida seria curada. No dia 15 de fevereiro de 1798 as tropas militares de Napoleão Bonaparte, imperador da França, prenderam o “Papa” Pio VI na cadeia em Valença (França) onde ele morreu naquela prisão. E com isto o “papado” perdeu quase todos os seus Estados Pontifícios, anexados ao Império Frances. Isto foi a exata ferida mortal do 7º rei do 7º império mundial (sétima cabeça do grande monstro), ou seja, do Sacro Império Romano-Germânico.  

          Cuja ferida foi curada no dia 11 de fevereiro de 1929 quando, pelo acordo do Tratado de Latrão entre Benito Mussolini e o “Papa” Pio XI, foi criado o Estado do Vaticano dentro da cidade de Roma, tornando o “Papa” como um imperador soberano, com poderes civis, políticos e econômicos que tinha perdido em 1798. Já o 8º rei, o famoso oitavo rei apocalíptico, o poder religioso, sagrado (Sacro) nunca sofreu dano algum. Existe ininterruptamente desde 774 d.C. na pessoa de todo e qualquer “Papa” da ICAR, e somente findará na futura Batalha do Armagedom. O Sacro Império Romano-Germânico hoje está comandando secretamente toda a política mundial, obediente às ordens secretas do general dos jesuítas, o “papa negro”. 

          Todo e qualquer “Papa” do Vaticano é um imperador, porque além de ser o chefe político do Vaticano também tem o poder político em todo país onde tiver terras da ICAR. Ele não é um simples rei do Vaticano e sim o rei de muitos países, um imperador no comando dos 7º e 8º reis da 7ª cabeça (Sacro Império Romano-Germânico, que só vai findar na Batalha do Armagedom) do grande monstro de sete cabeças.  Mas na prática ele obedece às ordens secretas do “papa negro”.

          Este tópico deste site, embora seja apenas uma breve amostra do assunto do meu livro, já está muito grande, e vou parar por aqui. Para o leitor ler muito mais matéria, imprescindível e urgente, deve ler meu livro: A Besta e a Babilônia Apocalípticas. Maranata! Vem Senhor Jesus Cristo!

                       Para ter acesso a todos os tópicos do site geral inicial clique neste link: https://www.laurohenchen.com.br